Clique aqui e veja as últimas notícias!

DESMENTIU

Plataforma de pagamentos PagSeguro nega ter cancelado conta de Olavo de Carvalho

Instituição desmentiu o grupo Sleeping Giants Brasil, que havia informado o banimento do escritor
13/01/2021 14:18 - Da Redação


A plataforma de pagamentos PagSeguro negou, nesta terça-feira (12), que tenha cancelado a conta do escritor Olavo de Carvalho.

Informação de que ele teria sido banido da plataforma fou divulgada pelo grupo Sleeping Giants Brasil, nessa segunda-feira (11).

A PagSeguro, no entanto, emitiu nota desmentindo o movimento, afirmando que não houve banimento.

Últimas notícias

Segundo o PagSeguro, a empresa não faz juízo com relação as transações realizadas entre os compradores e vendedores que utilizam a plataforma como intermédio diariamente.

“O PagSeguro reitera que é instituição de pagamento sujeita à Lei 12.865 de 2013, garantindo o atendimento não discriminatório aos usuários finais, bem como liberdade de escolha, segurança e proteção a seus interesses econômicos”, disse, em nota.

O Sleeping Giants Brasil é um movimento que pressiona empresas a retirarem patrocínio de páginas que tenham conteúdos classificados como de ódio e desinformação.

No Twitter, o grupo publicou uma imagem, onde consta que as assinaturas de cursos de Olavo de Carvalho vinculadas ao PagSeguro foram canceladas, e escreveu: “Vitória. Olavo de Carvalho tem conta banida pela Pagseguro”.

A empresa brasileira, no entanto, afirmou se tratar de uma fake news.

 
 

“Conteúdos comunicacionais vendidos/adquiridos utilizando o PagSeguro como meio de pagamento são sujeitos ao Marco Civil da Internet, e somente conteúdos apontados como infringentes mediante o recebimento de ordem judicial específica são tornados indisponíveis. Isso não ocorreu até o momento, e notícias veiculadas sobre o tema são falsas”, esclareceu, em nora.

A equipe responsável por conteúdos divulgados por Olavo de Carvalho na internet disseram à Gazeta do Povo que a decisão de sair da plataforma foi do escritor e que o site dos cursos de filosofia migraram para uma nova plataforma.

Conforme os responsáveis, com a atualização da plataforma e para evitar problemas, eles decidiram por não levar os dados antigos de pagamentos dos alunos, sendo pedido para que quem adquiriu um curso refaça as asssinaturas.

O próprio Olavo de Carvalho usou o Twitter para desmentir a informação.

“O PagSeguro tem resistido ao assédio do Sleeping Giant e nunca incomodou o Seminário de Filosofia. Mas o serviço não era mais compatível com a nova versão do site. Essa história de que fui banido é pura fakenews”, postou.

Após a manifestação da plataforma, o Sleeping Giants fez nova publicação, corrigindo a informação divulgada anteriormente.

"Olavo não usa mais PagSeguro. A empresa acabou de falar ao Época que não baniu o Olavo, mas que também não processa mais o curso do guru. Que final triste hein", diz a postagem.

Em agosto do ano passado, o PayPal desativou a conta do escritor, alegando que a página dele desrespeitava a política da empresa contra discurso de ódio.

Sleeping Giants Brasil

O perfil foi criado em maio de 2020 e coordena campanha onde aborda empresas e anunciantes para que desmonetizem sites que eles classificam como disseminadores de fake news ou de discurso de ódio.

Leonardo de Carvalho Leal e Mayara Stelle, ambos estudantes de direito de 22 anos, são os responsáveis pela conta.

Com viés de esquerda, eles declaram que objetivo é denunciar fake news e discursos racistas, xenofóbicos e sexistas de empresas, minando as receitas publicitárias destes sites.