Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CUIDADOS

Para evitar contágio da Covid-19, veja dicas para higienizar legumes e hortaliças

Alimentos e as superfícies onde são manipulados devem ser higienizados
15/04/2020 17:46 - Adriel Mattos


 

Todo cuidado é pouco para evitar o contágio da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O manuseio de objetos e alimentos e a higienização deles é fundamental para evitar a transmissão.

Hortaliças e legumes não são uma fonte de transmissão do novo coronavírus, segundo a equipe de saúde preventiva do Serviço Social da Indústria (Sesi). Eles só apresentam risco se forem manuseadas por uma pessoa doente. Por isso, a principal forma de evitar a contaminação é que, no momento de manusear e preparar os alimentos, as mãos sejam muito bem higienizadas com água e sabão ou álcool em gel.

Outra medida fundamental é, antes de começar a cozinhar, limpar bem as superfícies, como a pia ou a mesa, em que os alimentos serão manipulados com água e sabão ou usar álcool 70º GL. As frutas e hortaliças que são consumidas cruas também devem ser limpas e, portanto, não passarão pelo processo de cozimento que pode matar o vírus e outras bactérias.

Entenda o passo-a-passo:

  1. Evite a contaminação dos alimentos pelo novo coronavírus higienizando sempre as mãos com água e sabão antes de manipulá-los;
  2. Higienize bem as superfícies onde os alimentos serão manipulados com água e sabão. A água pode ser fervente, tomando os devidos cuidados para não se queimar. Para superfícies também pode ser usado o álcool 70º GL sem necessidade de enxágue;
  3. Higienize bem as hortaliças e frutas lavando-as em água corrente e desinfetando-as com a seguinte solução, por 15 minutos: uma colher de sopa de hipoclorito de sódio ou água sanitária sem alvejante para um litro de água. Depois, seque-as bem com um papel toalha e guarde-as na geladeira;
  4. Procure sempre usar água fervida ou filtrada no preparo dos alimentos.
 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.