Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

CIDADES

Em espaços públicos, parquinhos continuam proibidos, mas pais trazem filhos assim mesmo

Decreto municipal autorizou a reabertura de praças e parques, mas parquinhos não
07/11/2020 11:40 - Carol Alencar Cozzatti


Fim de semana é propício para pais passearem com os filhos. Logo depois que houve a flexibilização da pandemia, com os números de casos em queda, muitos pais resolveram arriscar e levar as crianças para parquinhos de Campo Grande.

Só que, o que muito não sabem é que a utilização e uso dos brinquedos ainda está proibido.

A equipe do Correio do Estado percorreu alguns espaços públicos e constatou a presença de crianças misturadas nos parquinhos. Sem querer se identificar, uma mãe contou que resolveu passear porque a criança está entediada em casa e disse: “a gente vem para espairecer um pouco, porque eles sofreram tanto com a quarentena que agora que temos flexibilização, a gente trouxe para eles se divertirem um pouco”.

Na Praça Ary Coelho, região central de Campo Grande encontramos barreira de contenção alertando que está proibido o uso dos brinquedos.

Já nos parques não há identificação, o que impede das pessoas saberem se está ou não permitido o uso do parquinho.

Vale lembrar que, decreto municipal saiu no final de outubro autorizando a abertura de espaços públicos como praças e parques.

 
 

Felpuda


Embora tenha manifestação de que não haverá mudanças na administração municipal que se iniciará dia 1º de janeiro, o que se ouve por aí é que a realidade não seria bem assim.

Alguns setores deverão passar por alterações, como forma de se azeitar engrenagens que estariam deixando a desejar. 

O Diário Oficial, a partir daquela data, deverá ser a publicação mais lida a cada manhã.