Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SERVIÇO

Passo a passo: veja como agendar atendimento no Detran-MS

Para evitar fila, senha vai ser emitida pela internet
23/04/2020 10:35 - Ricardo Campos Jr


Quem precisar de atendimento nas unidades do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS) terá que fazer o agendamento pela internet a partir desta quinta-feira (23). A medida foi tomada para evitar a formação de filas com a consequente aglomeração de pessoas no órgão. Acompanhe o passo a passo no texto abaixo ou clique nas imagens para ver como o procedimento funciona.

 
 
 

O primeiro passo é acessar a página do sistema que cuida da liberação das senhas (clique aqui). O usuário vai ter que preencher os campos: CPF, nome e e-mail.

Em seguida, escolhe em qual unidade deseja atendimento. Estão disponíveis a sede, Bosque dos Ipês, Shopping Campo Grande e Pátio Central (Geraldo Garcia).

Ao selecionar o posto, um novo campo aparece na tela. Ele pergunta qual o tipo de serviço desejado, que pode ser multa, liberação de veículo, documento, vistoria, penalidade, CNH e outros.

Clicando em uma das opções, um calendário surge na tela com os dias disponíveis para o atendimento. Ao escolher um deles, é a vez de escolher um horário, logo abaixo.

Por fim, basta digitar o código de segurança, com cuidado para digitar as letras maiúsculas e minúsculas quando for o caso.

Um protocolo será enviado por e-mail. Para cancelar o agendamento, basta acessar o mesm o link. Há um retângulo amarelo com a opção “Deseja cancelar um atendimento? Clique aqui”.

É importante levar o protocolo e um documento com foto no dia do atendimento.

Felpuda


Pré-candidato a prefeito de Campo Grande divulgou vídeo em que político conhecido Brasil afora anuncia apoio às suas pretensões. O problema é que o tal líder já andou sendo denunciado por mal feitos em sua trajetória, sem contar que o pai do dito-cujo teve de renunciar ao cargo de ministro por ter ligações nebulosas com empresa de agrotóxico. Depois do advento da internet, essa coisa de o povo ter memória curta hoje não passa de coisa “da era pré-histórica”.