Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ANIMAIS SILVESTRES

Polícia Ambiental faz fiscalização com criadores no Estado

Ação encontro pelo menos quatro pessoas irregulares
25/07/2016 18:41 - RODOLFO CÉSAR


 

Quem tem animais e aves silvestres vai passar por fiscalização da Polícia Militar Ambiental (PMA). A ação teve início e passou a ser realizada porque a partir deste ano o Estado é o responsável por esse controle.

Antes, quem fazia essa gestão era o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (IBAMA).

"Apesar de este tipo de criação ser importante para minimização do tráfico de animais silvestres, precisa ser monitorado e fiscalizado para que não aconteçam fraudes", explicou nota da PMA.

A atuação dos policiais aconteceu até agora em Campo Grande, Chapadão do Sul, Três Lagoas, Costa Rica e Batayporã.

No sábado (23), a PMA autuou dois criadores em Jardim por estarem irregulares na atividade. Hoje, em continuidade com a fiscalização e mais pessoas foram multadas.

Um deles é um autônomo de 29 anos, que não tinha atualizado dados no sistema do governo para a atividade e recebeu multa de R$ 500. Servidor público de 59 anos também recebeu auto de infração e foi multado em R$ 1,5 mil também por falta de documentação.

A necessidade de se regularizar como criador depende de registro no Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul).

Felpuda


Nos bastidores, há quem garanta que a única salvação, de quem está com a corda no pescoço, é ele aceitar ser candidato a vice-prefeito em chapa de novato no partido. Vale dizer que isso nunca teria passado por sua cabeça, uma vez que foi eleito com, digamos, “caminhão de votos”. Se aceitar a imposição, pisaria na tábua de salvação; se recusar, poderá perder o mandato. Ah, o poder!