Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FRONTEIRA

Polícia apreende 20 carros e mais de R$ 2 milhões em produtos do contrabando

Veículos estavam abarroados de celulares e roupas
02/07/2020 12:00 - Bruna Aquino


Com a intensificação de fiscalização nos municípios próximos à fronteira com o Paraguai, a polícia de Mato Grosso do Sul tem apreendido são só entorpecentes, mas os mais variados produtos de contrabando que tentam chegar a outros estados. 

A última carga apreendida ocorreu ontem (1°) em Ponta Porã e resultou na apreensão de R$ 1 milhão em mercadorias. Segundo informações da Polícia Militar do Assentamento Itamarati, dois veículos foram encontrados abandonados próximo ao fundo de uma chácara com 385 celulares entre outros produtos. 

Nesta quinta-feira (2), operação do Departamento Operações de Fronteira (DOF), interceptou uma carga de mais de R$ 2 milhões, segundo o departamento, de produtos eletrônicos, narguilés e roupas na rodovia MS-379 em Dourados. Ao todo, 20 veículos com placas de 10 municípios do estado de São Paulo e Minas Gerais e um de Mato Grosso do Sul foram apreendidos.  

Para o Comandante do DOF, tenente-coronel Wagner Ferreira da Silva, as operações são feitas diariamente para não só coibir o crime de descaminho, mas também outros delitos e combater as organizações criminosas. 

“Sempre fazemos essa operação, mas dessa vez, nós acertamos um carregamento grande. Esse crime além de trazer prejuízo fiscal, gera problemas na cadeia do Estado, alimenta o crime organizado, acaba alinhando outras táticas como a lavagem de dinheiro, domínio de território, furto de veículos entre outros”, disse.  

Os motoristas e passageiros também foram retidos na sede do DOF em Dourados. Segundo o departamento, foram 16 homens e 3 mulheres que deverão aguardar os procedimentos da justiça.  Os produtos apreendidos, que ainda estão sendo contabilizados, serão agendados para entrega na Receita Federal de Ponta Porã.

OUTRAS APREENSÕES
Nessas operações, o departamento também encontra muitos carregamentos de entorpecentes. As apreensões, bateram recorde no primeiro semestre deste ano, com mais de 108 toneladas retidas de janeiro até junho. O resultado supera o total de entorpecentes apreendidos durante todo o ano de 2019, que foi de 106 toneladas.

A última grande apreensão ocorreu no dia 28 de junho de um caminhão carregado com quase 10 toneladas de maconha, na MS-156, em Caarapó.
 

 
 

Felpuda


Devidamente identificadas as figurinhas que agiram “na sombra” em clara tentativa de prejudicar cabeça coroada. Neste segundo semestre, os primeiros sinais começarão a ser notados como reação e “troco” de quem foi atingido. Nos bastidores, o que se ouve é que haverá choro e ranger de dentes e que quem pretendia avançar encontrará tantos, mas tantos empecilhos, que recuar será sua única opção na jornada política. Como diz o dito popular: “Quem muito quer...”.