Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MS-276

Após perseguição, policiais rodoviários apreendem 1,4 tonelada de maconha

Condutor de Hilux prata fugiu entrando em matagal na rodovia
01/06/2017 09:18 - Izabela Jornada


 

Policiais militares rodoviários perseguiram condutor de caminhonete Toyota Hilux e apreenderam 1.478 quilos de maconha. A droga foi abandonada, ontem (31), em rodovia.

O motorista do veículo estava na MS 276, em Ivinhema, quando policiais deram ordem para que ele parasse, porém, desobedeceu e fugiu em alta velocidade em direção a Nova Andradina. 

Durante perseguição, motorista da Hilux abandonou a caminhonete, a cerca de 15 quilômetros da base operacional de Amandina e, em seguida, fugiu a pé, entrando em matagal. 

Além da droga, policiais encontraram dentro do veículo par de placas da cidade de Osasco-SP e rádio transmissor, indicando que havia veículos “batendo” a estrada. 

Os policiais rodoviários constataram ainda indícios de adulteração da numeração do chassi da caminhonete. Havia indicativos de se tratar de um veículo (dublê), produto de furto ou roubo a ser definido pela perícia.

O veículo e a droga foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Ivinhema para as providências legais.

Felpuda


Com trabalho suspenso, por causa da Covid-19, investigação parou sem ter começado e, agora, dois dos cabeças do grupo de trabalho estão “chovendo no molhado”. Assim, para continuar, digamos, em evidência, vêm divulgando sobre a “firmeza” de ambos em “dar continuidade”, tão logo acabe a pandemia que, assim como os resultados dos trabalhos, são incógnitas que só. Portanto, melhor seria aguardar o desenrolar dos acontecimentos para sair “cantando de galo”.