Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CANAL DE COMUNICAÇÃO

População poderá reivindicar melhorias no site da Câmara

Internauta terá acesso ao link por e-mail
16/04/2019 14:42 - ALINE OLIVEIRA


 

Uma nova ferramenta está disponível a partir desta terça-feira (16), no portal da Câmara Municipal de Campo Grande. Nele ficará disponível o link "Seu bairro precia de melhorias? - envie por aqui", no qual o cidadão poderá informar as solicitações mais importantes de cada bairro e região. 

Segundo informado pela instituição, os pedidos serão transformados em indicações e formuladas em nome dos 29 vereadores e lidas em plenário, nos dias de sessão.

Ao acessar o canal, os moradores podem apresentar reivindicações diversas, como por exemplo: tapa-buracos, semáforo, cascalhamento e patrolamento, poda de árvore, troca de lâmpada, sinalização de trânsito, limpeza de via pública, manutenção de praças e parques, policiamento e outros. 

Na sessão de hoje (16) já foi lida uma das indicações, encaminhada ao gabinete do prefeito e pedindo limpeza de boca de lobo, na Rua Adolfino de Almeida, no residencial  Estrela Park. Conforme destacado pela Câmara cada solicitação será direcionada para os órgãos competentes. 

O vereador João Rocha, presidente da Casa de Leis, anunciou a disponibilização deste novo canal durante a sessão e destacou a “importância do trabalho com transparência e acessibilidade à população, que está participando dos mandatos e dando força ao colegiado”.

No ano passado, os vereadores apresentaram 43 mil indicações de melhorias, ouvindo a população nos bairros, aplicativos, redes sociais ou atendimento aos moradores na Câmara. Muitos desses pedidos foram atendidos pelo Executivo.   

*Com informações da Câmara Municipal

Felpuda


A lista do Tribunal  de Contas de MS,  com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros  de quando exerceram cargos públicos,  está deixando  muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto  pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!