Clique aqui e veja as últimas notícias!

COVID/19

Por coronavírus, pneumologista recomenda que idosos devem ficar em casa nos próximos 60 dias

Médica diz que estudos apontam pico da pandemia em um mês no Brasil
14/03/2020 11:42 - Bruna Aquino


 

A médica pneumologista Margareth Pretti Dalcolmo da Fundação Oswaldo Cruz alertou a população brasileira por vídeo nas redes sociais para diversas recomendações extraídas da reunião com Ministério Saúde, Organização Panamericana de Saúde e Organização Mundial de Saúde para a pandemia Covid/19 no Brasil. 

Uma das recomendações mais destacadas pela profissional que também foi bastante debatida na reunião além da higiene bastante rígida é a permanência de idosos em casa nos próximos 60 dias. “A transmissão é muito fácil, a mortalidade é menor depende da faixa etária, é uma doença que mata gente idosa, os pacientes que já morreram jovem eram pacientes que já tinham alguma doença. A recomendação é que idosos fiquem em casa pelos próximos 60 dias”, destacou.  

Para o médico pneumologista Ronaldo Perches Queiroz, a regra destinada aos idosos tem que ser seguida a risca mesmo ainda não havendo nenhum caso confirmado em Mato Grosso do Sul. “Todas as pessoas com sintomas de gripe ou resfriados deve ficar em casa, pois são potenciais transmissores do vírus. Os idosos mais vulneráveis devem sim evitar sair de casa e devem evitar receber visitas também. Mesmo em Campo Grande, para nosso Estado, as orientações são as mesmas. Estamos vivendo uma Pandemia decretada pela OMS e as regras são gerais”, disse. 

Outras recomendações de natureza prática destacadas pela médica e que já está circulando em todo o país é o fechamento de eventos, congressos, cinemas e teatros, festas de família, aniversários, principalmente de crianças que contém piscina de bolinha. “Existe um grande risco de infecção nesse brinquedo”, alertou Margareth.

Sobre higiene pessoal, a médica reforça também cuidados pessoais como uso de máscaras e limpeza das mãos com água e são e uso de álcool gel. “Importante, não saiam desesperadamente comprando máscaras no mercado, pessoas devem usar máscaras em certas ocasiões”, disse.