Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

INTERNADO EM SÃO PAULO

Positivo para coronavírus, cônsul da Síria em MS melhora e sai da UTI

Tubo de oxigênio foi retirado na tarde de hoje
24/03/2020 18:03 - Izabela Jornada


 

O cônsul da Síria em Mato Grosso do Sul, Kabril Yussef, 67 anos, que estava em estado grave por ter contraído o COVID-19, teve uma melhora e deve sair da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta quarta-feira (25). A informação foi divulgada nas redes sociais de seu irmão Michel Youssef. “Estou muito feliz, meu irmão foi desentubado e amanhã vai sair da UTI para a semi intensiva”, comemorou.

O cônsul foi diagnosticado com coronavírus e deu entrada no Proncor, em Campo Grande. No dia 15 de março o representante do país no Estado foi transferido para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo (SP).

Com a piora do quadro, o cônsul teve que ser entubado para conseguir respirar. Ele também passou por avaliação neurológica no dia 21 de março.

A filha de Kabril, Jamila Yusself, contou por telefone ao Correio do Estado que seus irmãos estão em São Paulo acompanhando o pai, enquanto ela toma conta dos negócios dele em Campo Grande.

De acordo com a filha do cônsul, ele teve uma melhora no dia 18 de março, mas logo piorou de novo e não foi possível tirar o tubo que ajuda na respiração. Na ocasião, a filha se emocionou ao relatar que o caso de seu pai era grave.

O hospital que Kabril está internado suspendeu temporariamente o acesso de visitantes como medida de segurança. Única exceção é a UTI Adulto, em que apenas uma pessoa pode visitar por vez e que esteja sob orientação da equipe do local.

CASOS

Em Campo Grande, de acordo com balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) desta terça-feira (24), a Capital registra 24 casos confirmados de coronavírus. De ontem para hoje subiram três, sem nenhuma morte, até o momento.

Em São Paulo são 810 casos confirmados e 40 mortes.

 

Felpuda


Pré-candidatos que em outras eras cumpriram mandato e hoje sonham em voltar a ter uma cadeira para chamar de sua estão se esmerando em apresentar suas folhas de trabalho. O esforço é grande para mostrar os serviços prestados, mas estão se esquecendo que a cidade cresceu, os problemas aumentaram e aquilo que já foi tido como grande benefício hoje não passa da mais simples obrigação diante do progresso e das novas exigências legais. Assim sendo...