Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

Positivo para coronavírus, neto de Ueze Zahran desmente fake news e diz que não vem à Capital há 40 dias

Quem esteve em Campo Grande foi a namorada do empresário que estava com ele há quatro dias e disse que até o momento não contraiu o vírus
13/03/2020 08:25 - Bruna Aquino, Eduardo Miranda


 

Ueze Zahran Stamatis, de 27 anos, neto do empresário Ueze Zahran confirmou nas redes sociais ontem (12) que está com coronavírus. Ueze fez exames em hospital de São Paulo onde já está isolado em quarentena. Boatos nas redes sociais deram conta que o universitário estaria em Campo Grande e teria ido a uma boate bastante conhecida na Capital. 

Ao Correio do Estado, Ueze confirmou que está positivo para o Covid/19, mas negou que tenha vindo a Campo Grande. O jovem disse que não vem a cidade há pelo menos um mês. 

Nas redes sociais o jovem não sabe como contraiu a doença já que afirmou que não teria saído do país nos últimos dias, também desmentindo o fato que teria viajado recentemente para  a China. “Recebi a notícia do coronavírus às 18h, estou muito cansado essa doença parece que dá uma derrubada na gente é como se fosse uma gripe mesmo. Me perguntaram onde eu contraí a doença, gente eu não sei, eu estava no hotel do Rio de Janeiro e fui em uma festa com meus amigos, tinha gente de máscara, mas eu não viajei para fora do país”, contou. 

Ueze comentou que por conta da quarentena perdeu o aniversário da mãe, mas que terá que ficar um tempo isolado. “Eu estava no Einstein agora vou ficar em repouso, estou bem, mas aconselho a todo mundo que teve contato comigo fazer exame”, pontuou. 

Segundo informações, quem estava na Capital e teria participado de uma festa na avenida Afonso Pena foi a namorada do universitário Thayany Silva. Ela esteve com Ueze quatro dias atrás em uma das praias no Rio de Janeiro. Por meio de sua conta no Instagram, a jovem disse que já tomou as "devidas providências", mas que até o momento não está positivo para o Covid/19. 

DOENÇA
Os Coronavírus causam infecções respiratórias e intestinais em humanos e animais, são altamente patogênicos (SARS e MERS). Na infecção Humana por COVID-19 o espectro clínico não está descrito completamente, bem como não se sabe o padrão de letalidade, mortalidade, infectividade e transmissibilidade. Não há vacina ou medicamento específico disponível. O tratamento é de suporte e inespecífico.

Os Coronavírus são uma grande família de vírus comuns em muitas espécies diferentes de animais, incluindo camelos, gado, gatos e morcegos. Raramente, os Coronavírus animais podem infectar pessoas e depois se espalhar entre pessoas como MERS-CoV e SARS-CoV. 

No início, muitos dos pacientes com surtos de doenças respiratórias causadas pelo Coronavírus 2019 (COVID-19) em Wuhan, na China, tinham alguma ligação com um grande mercado de frutos-do-mar e animais vivos, sugerindo a disseminação de animais para pessoas. 

No entanto, um número crescente de pacientes, supostamente não teve exposição ao mercado de animais, indicando a ocorrência de disseminação de pessoa para pessoa.

Felpuda


A lista do Tribunal  de Contas de MS,  com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros  de quando exerceram cargos públicos,  está deixando  muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto  pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!