Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FERIADO PROLONGADO

Prefeito libera festas e eventos em buffets desde que sem pista de dança

Espaços de eventos podem funcionar como restaurantes durante o feriado
05/06/2020 14:03 - Fábio Oruê


Prefeito Marcos Trad (PSD), por meio de decreto publicado nesta sexta-feira (5), autoriza que buffets e espaços de eventos funcionem como se fossem restaurante e seguindo as regras de biossegurança, em Campo Grande. A permissão vale do dia 11 ao dia 14 de junho, englobando os feriados de Corpus Christi, Dia dos Namorados e Dia de Santo Antônio.

Conforme publicação, para a realização dos eventos é proibido haver pista de dança e playgrounds (espaços kids; brinquedotecas). Também não é permitido o autosserviço (self-service) e bar de drinks, sendo permitido somente a alimentação com cardápio único. 

No local, a mesas devem respeitar o distanciamento mínimo de 2 metros e acomodar até seis pessoas por mesa, com distância de 1,5 m entre cada duas pessoas. A decoração, segundo o decreto, precisa estar prontas seis horas antes do início do evento. 

Além disso, deve ser disponibilizado álcool em gel 70% na entrada do estabelecimento e a ventilação deve ser natural - caso o ar condicionado seja usado, as portas e janelas tem que permanecer abertas. 

Para a sonorização ao vivo do ambiente, só é permitido que seja na modalidade “voz e violão” - um cantor e seu instrumento - e no máximo uma dupla, desde que morem na Capital. A apresentação de conjuntos e bandas é proibida. Por fim, o horário do toque de recolher deve ser respeito, ou seja, os eventos devem acabar antes de 0h. 

"Vamos fazer em caráter experimental dias 11, 12, 13 e 14, com todos os regramentos de biossegurança. Nós vamos com nossas equipes de fiscalização e vocês vão ter a oportunidade de realizar a atividade da sua empresa junto com seus funcionários", disse o prefeito, em transmissão ao vivo,

O decreto também pede que os estabelecimentos atuem na fiscalização em conjunto com o poder público para coibir a violação das medidas de segurança necessárias para conter a propagação do coronavírus. O descumprimento das medidas causará em punição aos infratores. 

*Matéria alterada às 15h18 para acréscimo de informação

 
 

Felpuda


Devidamente identificadas as figurinhas que agiram “na sombra” em clara tentativa de prejudicar cabeça coroada. Neste segundo semestre, os primeiros sinais começarão a ser notados como reação e “troco” de quem foi atingido. Nos bastidores, o que se ouve é que haverá choro e ranger de dentes e que quem pretendia avançar encontrará tantos, mas tantos empecilhos, que recuar será sua única opção na jornada política. Como diz o dito popular: “Quem muito quer...”.