Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Prefeito sobe tom e reclama de falta de colaboração contra pandemia

Marcos Trad criticou realização de festas e violação do toque de recolher
18/05/2020 13:42 - Adriel Mattos


O prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), elevou o tom e criticou moradores que não estão seguindo as normas e o isolamento social. Em transmissão ao vivo na rede social Facebook, na tarde desta quarta-feira (18), o chefe do Executivo citou várias denúncias que a administração municipal vem recebendo.

Ele começou lembrando do afrouxamento da quarentena iniciada em março, a pedido de empresários, que apontaram prejuízos. “Essas desobediências podem custar muito caro para nossa cidade. Obedeçam aquilo que combinaram com a prefeitura”, comentou.

Trad rebateu a possibilidade de decretar novamente o fechamento ou um lockdown. “Todos usavam os mesmos argumentos, que são válidos. Damos a oportunidade, com segurança, e com o passar dos dias, as pessoas abusam”, reclamou.

O prefeito pediu que as associações de classe orientem os empresários. “Não temos número de funcionários para fiscalizar adultos que combinaram regras com a gente. Não temos efetivo e todo mundo sabe disso. O número de denúncias que estão chegando no meu telefone particular e nos da prefeitura, na imprensa, é grande. É um abuso das pessoas adultas de realizar festas e shows”, destacou.

Ele cobrou que pais e responsáveis impeçam adolescentes e jovens de frequentar festas. “Por que tem jovens e adolescentes à noite, após o toque de recolher, nas ruas? Vocês precisam ser responsáveis e mantê-los em casa”, criticou.

Em seguida, ele citou as mudanças no horário do toque de recolher. “Pediram para ampliar toque de recolher. Nós nos sensibilizamos e ampliamos para meia-noite. Mas porque ainda tem gente 2h, 4h na rua?”, questionou.

Pedidos de leitos na Capital para pacientes do interior estão chegando a Trad.  “Recebi sete pedidos de pessoas e políticos pedindo leitos para mim. Não vamos criar barreiras sanitárias. É assim que vamos cuidar dos nossos irmãos?”, disse.

O prefeito finalizou a transmissão ao vivo se desculpando pelo desabafando, e voltando a frisar a necessidade de cumprir as medidas de restrição. “Não vamos chutar o balde, porque a consequência é a morte. Por favor, fiquem em casa. E se tiver que sair, use máscara”, afirmou.

Assista ao vídeo:

 
Transmissão ao vivo de Marcos Trad - Reprodução/Facebook
 

Felpuda


Embora faltem 26 dias para as eleições, a bolsa de apostas nos meios políticos já está em alta.

Dois nomes estão sendo apontados como favoritos para disputarem o segundo turno.

Isso acontecendo, há quem garanta que um deles receberia total apoio de antiga liderança e de todo o seu grupo, que hoje estão em lados opostos.

Vai longe o tempo em que o objetivo era tão somente o bem comum...