Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FINANCIAMENTO

Prefeitura assina contrato milionário para pavimentação, corredor gastronômico e construção de parque

Estão no pacote pavimentação e drenagem em cinco bairros de Campo Grande
17/09/2020 15:28 - Glaucea Vaccari


Prefeitura de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), assinou contratos de financiamentos, no valor de R$ 97,8 milhões, com a Caixa Econômica para obras de drenagem e pavimentação, requalificação de corredor gastronômico e construção de centro de controle integrado.

Contrato foi assinado nesta quinta-feira (17).

Para obras de drenagem e pavimentação, financiamento é de R$ 40 milhões.  

Segundo o projeto, os recursos serão investidos em drenagem e pavimentação dos bairros Rita Vieira, Vilas Boas, Parque Dallas, Oliveira I e III, além da construção de um parque no Jardim Noroeste.

Parque terá investimento de R$ 5 milhões e será implantado no local onde havia um aterro sanitário para descarte de resíduos da construção, interditado desde 2016.

Já para obras de revitalização do corredor gastronômico da Avenida Bom Pastor e o entorno, o financiamento será de R$ 23, 8 milhões.

Com a revitalização, será feita preservação e promoção da segurança local, harmonia estética, sinalização indicativa dos estabelecimentos, acessibilidade, padronização de calçadas e de mobiliário urbano, entre outras.

Também será possibilitado melhor uso do espaço, com apresentações musicais, poéticas e artísticas, festividades e encontros gastronômicos e culturais, mantendo o trânsito de veículos e pedestres.

Serão ainda destinados R$ 29 milhões para instalação de rede de fibra óptica, com a interligação de todas as estruturas da prefeitura, e construção do Centro de Controle de Integrado. 

 
 

Felpuda


Candidato a vereador caiu em desgraça, pelo menos em um dos bairros de Campo Grande, ao promover comício em ginásio de esporte, com direito a ônibus lotados e espoucar de muitos fogos de artifício.

Aí dito-cujo foi alvo de muitas críticas, tanto pela zoeira causada, como por ter mandado às favas quaisquer cuidados na prevenção da Covid-19, ao promover grande aglomeração. Irresponsabilidade é pouco, hein?!