Clique aqui e veja as últimas notícias!

CAMPO GRANDE

Prefeitura compra R$ 7,7 milhões em lâmpadas de LED e dá R$ 1,3 milhão em reajuste a empreiteiras

Empresa vai vender 15 mil lâmpadas de LED em 120 dias à prefeitura de Campo Grande; Engepar e BTG recebem aditivo
06/11/2020 16:42 - Eduardo Miranda


A prefeitura de Campo Grande assinou contrato com a revendedora Radiante Materiais Elétricos para comprar lâmpadas de LED para instalar em várias regiões da cidade. O investimento previsto é de R$ 7,76 milhões, e o contrato tem vigência de 120 dias (aproximadamente quatro meses).  

Também nesta sexta-feira a prefeitura da Capital reajustou dois contratos com empreiteiras que estão recapeando ruas e avenidas das regiões do Bandeira e do Lagoa. A BTG, responsável por obras na região do Lagoa, vai receber R$ 649,1 mil a mais em seu contrato, que agora vai a R$ 5,48 milhões.  

Já a Engepar, que está recapeando ruas na região do Bandeira, R$ 739,5 mil a mais para recapear ruas do Lagoa, contrato que foi reajustado de R$ 3,97 miilhõies para R$ 4,6 milhões. Juntos, os dois aditivos somam R$ 1,3 milhão de reajuste às duas empreiteiras.  

Os contratos de recapeamento, assinados em abril, são de 90 dias de vigência, acrescidos de 150 dias para execução das obras.  

“Quando a gente faz licitação, normalmente consegue algum desconto, e durante o decorrer da obra, a partir do valor contratado, a gente aumenta a quantidade de serviço, o que leva as obras serem reajustadas”, explicou Rudi Fioresi.

Estes dois contratos de recapeamento são bancados com dinheiro que a prefeitura de Campo Grande emprestou da Caixa Econômica Federal por meio do programa Finisa. O empréstimo será pago ao longo dos próximos anos.  

 

LED

Sobre as lâmpadas de LED, a expectativa de Rudi Fioresi é de que a prefeitura compre nestes próximos 120 dias, 15,5 mil novas lâmpadas. Além deste novo contrato de R$ 7,76 milhões, há um outro contrato vigente, de aproximadamente R$ 4 milhões, conforme o secretário.  

“Estamos expandindo a iluminação em todas as regiões da cidade”, respondeu Fioresi, ao ser indagado se as lâmpadas seriam instaladas em alguma região específica da cidade. “Atualmente, a cobertura de iluminação de LED em Campo Grande é de aproximadamente 50%”, complementou o secretário de Infraestrutura.  

A Elétrica Radiante, detentora do contrato com a prefeitura de Campo Grande, tem sede em Goiânia (GO). A compra será paga com recursos da Contribuição sobre o Serviço de Iluminação Pública (Cosip). 

Os aditivos contratuais das empreiteiras e o contrato para a compra de lâmpadas foram publicados na edição desta sexta-feira (6) do Diário Oficial.