Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SERVIÇO

Prefeitura de Campo Grande inicia recapeamento de 25 km

Investimento será por meio de programa federal
08/06/2020 08:20 - Da Redação


A prefeitura de Campo Grande iniciou no fim de semana  a primeira frente de serviço do projeto que prevê a execução de 25 quilômetros de recapeamento em trechos de 21 vias em cinco regiões urbanas da cidade. Nesta segunda-feira (8) o serviço começa pela Avenida Marinha, no bairro Coophavila II, região urbana do Lagoa.

As equipes da empreiteira responsável por este lote na região urbana do Bandeira, começaram a preparar a Rua José Nogueira, via de acesso aos bairros Tiradentes e Arnaldo Estêvão de Figueiredo. Nesta etapa, a intervenção vai abranger um trecho de aproximadamente 1 km entre a rotatória da Avenida Três Barras e a Rua dos Engenheiros.

Na sequência receberão novo pavimento, nesta mesma região, as ruas Marques de Pombal, Cayová, Marquês de Lavradio, Avenida Ministro João Arinos e Avenida Três Barras. No Bandeiras serão executados 8 km de recapeamento. Na segunda-feira começa a 2ª frente de serviço de recapeamento, desta vez na Avenida Marinha. É a principal via comercial do conjunto habitacional Coophavila II, asfaltada nos anos 80, que está com o pavimento todo remendado.

Os 25 km de recapeamento que serão custeados com recursos do Financiamento à Infraestrutura e o Saneamento (Finisa), no valor de R$ 16,7 milhões, devem ficar prontos em 90 dias, cronograma que eventualmente pode ser alterado em função das condições climáticas.

 
 

Investimento por região

Na região urbana do Lagoa, beneficiada com 7,5 km, além da Avenida Marinha, o planejamento contempla outras três vias estratégicas para a circulação nesta região. Será recapeada a Rua Clineu da Costa Moraes, com 1 km de extensão, que liga a rotatória da Marechal Deodoro/Manoel da Costa Lima ao Jardim Leblon; a Rua Manoel Joaquim de Moraes e o seu prolongamento a Souto Maior, que atravessa vários bairros, como Vila Jussara, Coaphama e o Bairro Tijuca, numa extensão de 3 quilômetros.

No Aero Rancho até a Avenida Raquel de Queiroz será recapeada uma extensão de 1,3 km (entre a Avenida Gunter Hans/Rua da Divisão/Filipinas). Já está em vias de ser licitada (num outro pacote de obras), mais 5,4 km  que atenderão outras ruas do bairro como a  Avenida Campestre; seu prolongamento até a Rua Santa Quitéria; além das ruas Lagoa da Prada e da Divisão.

No Bairro  Pioneiros  receberão asfalto novo a Avenida Filinto Muller (da Rua João Hernandes até a Senador Antônio Mendes Canale); além das ruas Francisco dos Anjos (da Filinto Muller até a Ana Luiza de Souza) e a Candelária (entre a Boticário e a Avenida George Chaia).  Está no planejamento para ser licitado nos próximos dias, só que com recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional, o recapeamento do trecho final da Rua Ana Luiza de Souza, a principal via comercial do Pioneiros.

No Centro,  estão programados 4 quilômetros (Ruas Chadid Scaff, Rodolfo José Pinho e Amazonas) e no Prosa serão 2,3 km (outro trecho, da Ceará até a Jales) e na Rua Coronel Cacildo Arantes.

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.