Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Prefeitura e sindicato de escolas particulares vão debater reabertura

Marcos Trad voltou a recomendar a evitar aglomerações e até festas, e frisou a necessidade do uso de máscara ao sair de casa quando necessário
08/05/2020 13:16 - Adriel Mattos


 

A prefeitura de Campo Grande e o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso do Sul (Sinepe-MS) vão debater a reabertura das escolas particulares. Um plano de biossegurança está sendo elaborado pela entidade.

Em transmissão ao vivo na rede social Facebook na tarde desta sexta-feira (8), Trad ressaltou que o Ministério da Saúde ainda não autorizou a reabertura. “Tanto que, dos 5.570 municípios, apenas um ou dois locais estão estudando reabertura para depois de 21 de maio”, justificou.

Ele prosseguiu alegando que até agora nenhuma escola ou associação o procurou. “Se apresentarem um projeto, podemos sentar e ver um calendário e voltar com 30% da capacidade, como vem acontecendo. É tudo uma questão de diálogo”, explicou.

Já a presidente do Sinepe-MS, Maria da Glória Barcellos, lembrou que estão cumprindo o decreto e alguns estabelecimentos estão tentando não demitir funcionários, mas alguns já tomaram essa medida. “Vamos elaborar nosso plano de biossegurança e discutir com a Semadur [Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana] e a Semed [Secretaria Municipal de Educação]”, frisou.

DECRETOS

Questionado por seguidores sobre violações de decretos que compõem a quarentena imposta devido à pandemia de Covid-19 – doença causada pelo novo coronavírus –, o prefeito pediu a colaboração dos cidadãos para denunciar. “Essa doença ainda não passou. Não é o momento de fazer festas e aglomerações. Se tiver que sair, para trabalhar ou ir à farmácia, use máscara. E se higienize ao retornar para casa”, aconselhou.

As denúncias por descumprimento dos decretos e resoluções podem ser feitas na Ouvidoria Municipal, através do número 156 ou 3314-9955.

 

Felpuda


Ex-cabecinha coroada anda dizendo por aí ser o responsável por vários projetos para Campo Grande, executados posteriormente por sucessor. 

Ao fim de seus comentários, faz alerta para que o eleitor analise atentamente de como surgiram tais obras e arremata afirmando que não foi “como pó mágico de alguma boa fada madrinha. 

Houve muito suor nos corredores de Brasília”. Então, tá!...