Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NOVA 14 DE JULHO

Prefeitura finaliza plantio de árvores e Reviva será entregue em novembro

Estão sendo plantadas 180 unidades de espécies nativas e exóticas
29/10/2019 16:19 - ADRIEL MATTOS


 

Faltando um mês para a inauguração da revitalização da rua 14 de Julho, em Campo Grande, a prefeitura finaliza o plantio de árvores nativas e exóticas ao longo da via. Estão sendo plantadas 180 unidades, das espécies árvore da China, aldrago, pau-mulato, erva-mate, pau-ferro, jacarandá mimoso, lafontera da Amazônia, fruta de tucano, grandiuva e ipês amarelo, roxo e branco. A previsão é concluir os trabalhos no fim deste mês.

Mais de 90% da obra já foi concluída, segundo a Engepar Engenharia, empresa contratada pela prefeitura – por meio de licitação – para executar os trabalhos. A previsão do município é entregar a via pronta – e já decorada para o Natal – no dia 29 de novembro. Também está prevista a retirada dos postes de energia e a instalação de rede subterrânea. Além disso, haverá bancos, bicicletários e até internet Wi-Fi gratuita.

Após a conclusão dessa etapa, a prefeitura deve levar a frente de obras para as vias transversais de 14, e a previsão é começar os trabalhos em março de 2020. A nova etapa compreende o quadrilátero entre as Rua Padre João Crippa e Avenida Calógeras e as avenidas Fernando Corrêa da Costa e Mato Grosso. A obra deve seguir o padrão estabelecido na 14 de Julho para a revitalização e modernização do Centro da Capital.

VISITA

No fim de setembro, o prefeito Marcos Trad (PSD) acompanhou a professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro Sônia Rabello, especialista em direito urbanístico, para conferir de perto como ficou a via.

“Há dois anos eu estive por aqui e o Centro estava perdido. Aquele movimento de carros afastava os campo-grandenses do centro. Com esse calçadão, paisagismo, minha impressão é que daqui cinco anos haverá um movimento considerável de pessoas andando pela 14. Isso vai acarretar em um maior número de vendas para todos os comerciantes”, disse Sônia.

Já Trad afirmou que o resultado foi positivo, apesar de críticas e baixas expectativas. “As pessoas não acreditavam, queriam apenas uma maquiagem. Fizemos toda a execução, desde iluminação, área de descanso, paisagismo e embutimento de fios. Sofremos com críticas, mas creio que o final tenha sido feliz”, relatou

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...