Cidades
INFARTO MIOCÁRDIO

Campo Grande institui o Programa “Prevenção ao Infarto do Miocárdio”

Sesau aponta que, na prática, atendimento não será alterado com novo programa e cuidados com a saúde ainda são maior arma na prevenção ao infarto

Leo Ribeiro

06/08/2022 10:45

 

Sendo a necrose de uma parte do músculo do coração - por falta de irrigação sanguínea - o infarto do miocárdio passa a ter um programa de prevenção no âmbito da Capital, instituído no última dia 04, conforme publicado no Diário Oficial de Campo Grande.

Pela lei n. 6.903, conforme texto do Diário, o programa abordará:  

  • I - readequação do “Disque Samu 192” para inclusão do referido serviço;
  • II - ampla divulgação da implantação do serviço e dos sintomas em sites oficiais do município;
  • III - qualificação dos profissionais de atendimento para uma rápida identificação dos sintomas;
  • IV - orientação dos primeiros socorros por telefone;
  • V - direcionamento do paciente para um hospital de referência, o mais rápido possível;
  • VI - notificação do hospital de destino;
  • VII - solicitação para que o acompanhante seja, preferencialmente, quem tenha presenciado o início dos sintomas

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) regional de Campo Grande já segue as diretrizes da Sociedade Brasileira de Cardiologia sobre Angina Instável e Infarto Agudo do Miocárdio para atender estes casos.

"De forma prática, o atendimento não será alterado com a instituição do programa, no entanto abre-se a possibilidade da discussão e implementação de protocolos que possam ser mais efetivos considerando a realidade do Município", apontou a Secretaria ao Correio do Estado.