Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

TRANSPORTE COLETIVO

Prefeitura libera passe do estudante e amplia limite de passageiros em ônibus

Ônibus poderão circular com até 50% da capacidade de passageiros em pé
16/10/2020 11:02 - Glaucea Vaccari


Após desbloquear o passe gratuito para idosos, Prefeitura de Campo Grande liberou os cartões do transporte coletivo para estudantes que tem o benefício, além de ampliar o limite de passageiros em pé nos ônibus.

Decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial desta quinta-feira (15).

Para ter o benefício desbloqueado, somente as escolas deverão protocolar, junto a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), a relação de estudantes que deverão ter o passe liberado e depois retirar os cartões.

Benefício poderá ser usado apenas em dias úteis, das 7h45 às 16h e das 19h à meia-noite.  

Passe do estudante estava bloqueado desde a segunda quinzena de março, quando as aulas presenciais foram suspensas devido à pandemia do coronavírus.

Retorno das aulas foi permitido apenas na rede particular de ensino, com a volta de alunos do ensino médio na segunda-feira (19).

No dia 5 de outubro, foi liberado o passe gratuito para idosos, que também estava bloqueado desde março. O horário da gratuidade é das 9h às 16h e das 19h à 0h em dias úteis e em qualquer horário aos sábados, domingos e feriados.

 
 

Aumento da capacidade

Decreto também aumentou a capacidade de passageiros em pé nos ônibus do transporte coletivo, de 30% para 50% da lotação máxima de passageiros permitida pela fábrica.  

Todos os veículos deverão afixar, em seu interior, adesivos indicando qual é esta lotação máxima.

Uso de máscaras descartáveis ou caseiras continua obrigatório para todos os usuários do transporte coletivo.

Os ônibus que têm sistema de ar-condicionado ou climatização somente poderão circular com estes equipamentos desligados e com todas as janelas abertas.  

Desde março, o transporte coletivo opera abaixo da capacidade por determinação da prefeitura de Campo Grande, devido à pandemia do coronavírus.,

 

Felpuda


A futura composição  dos 29 vereadores  em Campo Grande poderá ser diferente  da que foi oficializada, segundo o que  se tem ouvido,  com certa frequência, nas rodinhas de conversas dos meios políticos.  

Nova distribuição  das cadeiras poderá ocorrer e, assim, quem está prestes a entrar com pompa e circunstância poderá nem passar pela porta de entrada  e tomar posse de cadeira  para chamar de sua.  

O caldeirão está fervendo.