Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SAÚDE

Prefeitura monta tendas de pronto atendimento para atender foliões

Polícia Civil, Defensoria Pública, Assistência Social e Sesau estão unidos para garantir carnaval tranquilo
22/02/2020 13:38 - Yarima Mecchi


 

A Prefeitura de Campo Grande, em parceria com a Polícia Civil e a Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso do Sul, montou três espaços de pronto atendimento de saúde para atender os foliões nos pontos de maior aglomeração da Capital.  

De acordo com o chefe de regulação da Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau), Yama Higa, uma tenda foi montada na Esplanada Ferroviária, onde deve ocorrer o desfile de blocos; outra na Praça do Papa, onde será o desfile das escolas de samba e a última na avenida Fernando Corrêa da Costa, onde terão shows promovidos pela administração municipal.  

“É uma estrutura de saúde com médico, enfermeiro e técnico de enfermagem. A Assistência Social também vai estar presente. Vamos ter também a presença de uma equipe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA) e da Defensoria Pública”, explicou Yama destacando que menores de idade que forem encontrados alcoolizados ou sozinhos deverão ser encaminhados para a tenda e serão liberados apenas com a presença dos pais. “Ano passado tivemos muitos jovens e crianças abusando do álcool. Teve uma criança de nove anos em coma alcoólico”.  

Segundo Higa, a Assistência Social estará fazendo orientações para os pais e responsáveis e na esplanada ferroviária também terá apoio da Cruz Vermelha. Com relação aos casos de saúde, o chefe da regulação ressaltou que os foliões podem procurar espontaneamente os postos de atendimento. “Pode ir espontaneamente, temos muitos causas de traumas. Muita gente cai, torce o pé. Peço que os foliões não exagerem no álcool, o carnaval é um momento de descontração. Se beber, não dirija”.  

A tenda da Esplanada Ferroviária está montada dentro do prédio da Esplanada na avenida Calógeras, próximo à avenida Mato Grosso. Na avenida Fernando Corrêa da Costa o posto de atendimento fica próximo ao palco. E na Praça do Papa fica próximo ao local dos desfiles, segundo Higa no “meio do trajeto, nem no começo e nem no fim”.  

Os casos mais graves serão encaminhados para os postos de atendimento 24h de Campo Grande. “Ambulância presente em alguns lugares, como temos carência de ambulância, se tiver caso grave será acionado o Corpo de Bombeiros ou Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)”, concluiu Higa.  

 

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!