Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

COVID-19 NOS PETS

Primeiro cachorro infectado pelo coronavírus morre nos EUA depois de três meses

Partos alemão Buddy foi o primeiro pet a ser diagnosticado com covid-19 no país
03/08/2020 09:44 - Rodrigo Almeida


O cachorro Buddy, primeiro a ser infectado pela Covid-19 nos Estados Unidos, morreu depois de passar três meses lutando contra complicações de saúde.

De acordo com o portal Web MD, pastor alemão de 7 anos de idade começou a passar mal em abril, mas apenas em maio foi confirmada a doença.

Além disso, Buddy sofria de linfoma, um tipo de câncer que combate as próprias células do sistema imunológico.

Até agora não é possível saber se o pet morreu por causa do linfoma ou por complicações da Covid-19. Segundo o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), cerca de 25 animais de estimação foram contaminados naquele país.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) ressalta que não há riscos de transmissão e disseminação da doença pelos pets. Um estudo feito pela Universidade de Harbing, no começo da pandemia, levantou preocupações sobre gatos serem capazes de carregar a doença.

No entanto, a pesquisa é bem inconclusiva, afirmam especialistas. Isso porque foram usados poucos filhotinhos com poucas semanas de vida, com sistema imunológico mais frágil, o que distorce alguns dados.

O médico veterinário Paulo Abilio Varella Lisboa, pesquisador do Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict), da Fiocruz, explica que “não há evidência ou estudos nesse sentido. Os poucos animais infectados parecem ter adquirido a infecção dos seus donos, pelo contato direto, e não o inverso”. 

São raros os casos de animais que sofrem de Covid-19. Um tigre do zoológico de Nova York testou positivo para a doença em abril, mas se recuperou sem problemas.

 
 

Felpuda


Esforços vêm sendo feitos por certos candidatos derrotados na tentativa de conseguir emplacar em cargos públicos comissionados alguns ex-integrantes das equipes de trabalho da campanha eleitoral.

A preocupação não seria, na realidade, com situação de dificuldades que essas pessoas enfrentariam a partir de agora, mas, sim, para livrarem-se de pagar pendências trabalhistas referentes ao período da disputa. Tem cada uma!