Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BANDEIRANTES

Prefeitura prorroga inscrições e adia provas de concurso com salários de até R$ 12 mil

São 126 vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior em Bandeirantes
13/09/2020 16:36 - Glaucea Vaccari


Inscrições para concurso da prefeitura de Bandeirantes, com 126 vagas, teve as inscrições prorrogadas e as provas adiadas, devido à pandemia do coronavírus.

Os salários variam de R$ 1 mil a R$ 12,4 mil, dependendo do cargo.

Inicialmente as inscrições se encerrariam no dia 20 de setembro, mas foram prorrogadas para até às 23h59 do dia 15 de novembro, no site da Fapec.

Quanto as provas, que estavam previstas para serem aplicadas no dia 4 de outubro, foram remarcadas para 6 de dezembro deste ano.

Em novo edital, prefeitura justifica que a mudança nas datas é em razão das recomendações expedidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), do Centro de Operações de Emergências do Governo do estado de Mato Grosso do Sul, do Ministério Público Estadual e da Vigilância Sanitária do Município por causa da pandemia.

Taxa de inscrição é de R$ 80 para cargos de nível fundamental, R$ 100 para nível médio, R$ 150 para nível Médio com atividades regulamentadas de agente de saúde ou de endemias e R$ 200 para nível Superior.

No nível fundamental, oportunidades são para agente de limpeza, eletricista, gari, motorista e vigia.

Já para nível médio, há vagas para assistente de educação infantil, secretário escolar, técnico em informática e técnico em enfermagem.

Nível superior tem vagas para advogado, assistente social, enfermeiro, médico, psicólogo e professor.

O edital completo está disponível no site da prefeitura de Bandeirantes.

 
 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!