Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Hospital de Campanha vai abrir 20 leitos, mas pode ampliar capacidade para 120

Novo local de atendimento deve começar a funcionar no início da próxima semana
19/06/2020 13:00 - Gabrielle Tavares


 

Previsto para abrir no próximo domingo (21) ou segunda-feira, o Hospital de Campanha da covid-19 em Campo Grande deve servir como uma retarguada para o trabalho já feito no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), em Campo Grande. A intenção é que os 120 leitos do local sejam usados com um 'pré-atendimento' aos pacientes que, se agravando a situação, irão para o HR - no caso, o hospital de campanha ficará em seu pátio.

De acordo com a diretora-presidente do Hospital Regional, Rosana Leite de Melo, as triagens continuarão normalmente e só serão encaminhados para o novo local de atendimento, pacientes que apresentarem sintomas respiratórios, precisarem de antibióticos e apresentarem necessidade de internação.  

“Nesse primeiro momento vamos abrir poucos leitos. O Hospital de Campanha tem capacidade no total de 120 leitos, por enquanto vamos utilizar cerca de 20 leitos”, disse. A medida será tomada por conta do crescente número de confirmações e mortes por coronavírus em Mato Grosso do Sul, além da alta demanda que o Hospital Regional e a Santa Casa de Campo Grande registram.

O Hospital de Campanha foi montado no HRMS, que é referência estadual de atendimento a casos da Covid-19. Os atendimentos devem começar entre domingo e segunda-feira (21 e 22). Segundo Rosana, não será necessário contratar novas equipes para compor a frente de saúde do Hospital de Campanha, “mas se for, o Governo do Estado já autorizou”, afirmou.

Ainda de acordo com a diretora-presidente, os equipamentos que serão utilizados no local já foram separados quando os Hospitais foram programados, “A gente já tinha deixado tudo pronto para acionar se precisássemos”.

“Nosso apelo é para a população: não saia de casa sem necessidade. Se sair, usem máscaras. Evitem aglomerações. Protejam-se e nos ajudem a manter o hospital com o menor número possível de casos, pois se acontecer de sobrecarregar o sistema de saúde, pode não haver vagas para você ou para seus familiares”, acrescentou Rosana.  

Número de casos

Pela segunda vez nesta semana, Mato Grosso do Sul registrou novo recorde de confirmações de casos de Covid-19. Nas últimas 24 horas, 392 casos foram registrados e mais uma morte.

É importante ressaltar que, devido ao grande número de testes, parte desses dados não são relativos à data de ontem. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-MS) processa os exames de 24 a 72 horas.

Porém, devido à grande demanda, a pasta precisou encaminhar 832 amostras para o Instituto Butantan, de São Paulo, para aliviar a carga de trabalho dos técnicos.  

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.