Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

OCUPAÇÃO DE LEITOS

Redução de acidentes desafoga leitos ocupados na Santa Casa da Capital

Hospital chegou a anunciar que estava sem leitos disponíveis na semana passada
03/08/2020 18:00 - Fábio Oruê


Atendimentos na Associação Beneficente Santa Casa de Campo Grande (ABCG) registrou queda no número de atendimentos neste fim de semana  em comparação com o anterior. A unidade hospitalar anunciou na semana passada que estava com superlotação dos leitos. 

Conforme divulgado pela prefeitura, a redução registrada nos atendimentos foi de 30%. De 25 a 27 de julho, a Santa Casa prestou 236 atendimentos externos. Já neste fim de semana (31 de julho e 1° e 2 de agosto) foram 172 ocorrências, gerando uma folga de cinco leitos no hospital.

Os acidentes de trânsito ocupam boa parte dos leitos em hospitais. Das 172 ocorrências externas deste fim de semana, 83 são por traumas do trânsito, que resultam em alguns dias de internação.

Blitz realizada na Capital pode ter colaborado para a redução dos acidentes e consequentemente nos atendimentos na unidade hospitalar. A operação ocorreu no fim de semana, como auxílio no combate ao coronavírus. Em relação a acidentes com vítimas graves houve uma redução de 40%. 

Cinco acidentes com vítimas precisando de atendimento médico em hospitais foram registrados no fim de semana passado. Com a operação, este número caiu para três nestes dias de operação.

A operação também resultou no flagrante de 92 pessoas sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que poderiam acabar se envolvendo em alguma ocorrência no trânsito, ocupando leitos, fundamentais para salvar vidas na luta contra a pandemia do coronavírus.

ÁLCOOL E DIREÇÃO

A blitz realizada no fim de semana flagrou 126 pessoas dirigindo alcoolizadas. Destas, 27 foram testados e 99 se recusaram a fazer o exame, mas apresentaram sinais de embriagues.

A combinação “álcool e direção” amplia o número de acidentes e, geralmente, resulta em vítimas em estado grave. Em 2017, foram 461 acidentes com pessoas que beberam e dirigiram; 2018, 1.141; 2019, 2.000 motoristas alcoolizados e em 2020, já foram 731 acidentes com pessoas que beberam antes de dirigir.

 
 

Felpuda


A lista do Tribunal de Contas de MS, com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros de quando exerceram cargos públicos, está deixando muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!