Cidades

LENTIDÃO

Relatório do CNJ aponta problemas na tramitação de processos no TJ/MS

Relatório do CNJ aponta problemas na tramitação de processos no TJ/MS

DA REDAÇÃO

24/06/2011 - 18h50
Continue lendo...

A Corregedoria Nacional de Justiça finalizou o relatório sobre a inspeção realizada no final de 2010 em unidades administrativas (judiciais e extrajudiciais) e judiciárias de primeira e segunda instância do Poder Judiciário do Estado do Mato Grosso do Sul.

O relatório indica que as varas de Justiça cumpriram as metas 1 e 2 traçadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que determinam que a unidade judiciária julgue mais processos do que a quantidade que entrar no ano, e  acabe com o estoque de processos que ingressaram até dezembro de 2006, respectivamente.

Entretanto, as varas possuem alguns problemas pontuais quanto ao fluxo de tramitação dos processos. Na 1ª Vara Criminal da Comarca de Campo Grande, por exemplo, há mandados em poder do oficial de Justiça há mais de 90 dias, e a corregedoria recomendou a imediata abertura de conclusão dos processos paralisados há mais de 30 dias para decisão ou sentença.

O TJ/MS cumpriu a meta 2 do CNJ inclusive com relação à prioridade ao idoso. Havia dezenas de processos, no entanto, em poder de advogados e promotores há mais de 30 dias, e 188 processos sem retorno do tribunal há mais de um ano. A recomendação da Corregedoria é de que o TJMS realize inspeção ou correição periódica na vara.

Nas varas de execução penal de Campo Grande também foram detectadas algumas situações que precisam ser corrigidas. Na 1ª Vara de Execuções Penais de Campo Grande, por exemplo, não há clareza quanto às anotações sobre a data do recebimento e devolução dos autos. Na Vara, há 5 mil processos e oito servidores. Já na 2ª Vara de Execuções Penais há 7.852 processos.

Varas de Família

Nas varas de família, não há represamento de processos, e a corregedoria recomendou a capacitação de servidores para garantir o bom fluxo do trabalho, assim como o acréscimo de dias da semana para a realização de audiências.

Na 2ª Vara de Família de Campo Grande, foi constatado um espaço exíguo, não há uma estação de trabalho para cada servidor, o que levou a corregedoria a recomendar a divisão da equipe em dois turnos de trabalho.
 

FERIADÃO

Corpus Christi movimentará 25 mil pessoas na rodoviária de Campo Grande

Destinos mais procurados são Corumbá, Cuiabá, Brasília, Dourados, Ponta Porã, São Paulo e Rio de Janeiro

23/05/2024 12h00

Passageiros no Terminal Rodoviário de Campo Grande

Passageiros no Terminal Rodoviário de Campo Grande ARQUIVO/CORREIO DO ESTADO

Continue Lendo...

Corpus Christi, feriado religioso, será comemorado na próxima quinta-feira (30) em todo o Brasil.

Órgãos e repartições públicas municipais e estaduais decretaram ponto facultativo e emendaram a folga de quinta-feira (30) a domingo (2).

Portanto, quem tem oportunidade e disponibilidade, não perde tempo para curtir o feriadão em outra cidade.

Com isso, o movimento promete ser intenso no Terminal Rodoviário de Campo Grande neste feriado.

De acordo com a concessionária que administra o terminal, a expectativa é que 25 mil pessoas embarquem e desembarquem no local entre quarta-feira (29) e segunda-feira (3).

Entre quarta (29) e quinta-feira (30), 5 mil pessoas devem passar pelo terminal. Os destinos mais procurados são Corumbá, Cuiabá, Brasília, Dourados, Ponta Porã, São Paulo e Rio de Janeiro

ORIENTAÇÕES

A empresa que administra a Rodoviária da Capital orienta que o passageiro:

  • Apresente documento oficial com foto no momento de embarque, mesmo que seja criança;
  • Chegue com 1 hora de antecedência do horário do embarque;
  • Obedeça o limite de bagagem: 30kg por pessoa no bagageiro e 5kg de bagagem de mão;
  • Remarcação e reembolso de passagens são feitos com até 3 horas de antecedência, diretamente com a empresa de ônibus;
  • Crianças e adolescentes menores de 16 anos devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis. Caso viajem desacompanhados ou com terceiros, precisam de autorização.

CÃO DÓCIL

'Morador' do Parque dos Poderes, cachorro sem dono é atropelado e servidores pedem ajuda

Mago, cãozinho dócil e querido, foi adotado pelos servidores da TV Educativa e desde então se tornou o xodó da instituição

23/05/2024 11h15

Mago, o cachorro sem dono que conquistou o coração dos servidores do Parque dos Poderes

Mago, o cachorro sem dono que conquistou o coração dos servidores do Parque dos Poderes DIVULGAÇÃO

Continue Lendo...

Mago, cachorro dócil, sem dono e “morador” do Parque dos Poderes, foi atropelado por um carro, nesta terça-feira (21), em frente ao Palácio das Comunicações, localizado na avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, número 710, em Campo Grande. O motorista fugiu sem prestar socorro.

Mago foi socorrido por um servidor e levado para uma clínica veterinária da região. O laudo aponta que o cão sofreu perfuração do baço e uma fratura na coluna.

A cirurgia para retirada do baço foi realizada na tarde desta quarta-feira (22) e a da coluna está prevista para esta quinta-feira (23).

Os gastos giram em torno de R$ 7 mil e servidores pedem ajuda para arcar com os custos. Veja os dados do pix:

CNPJ: 19.682.667/0001-40

Nome: Josemir Constantino Bispo

MAGO, O CACHORRO SEM DONO QUE CONQUISTOU O CORAÇÃO DOS SERVIDORES DO PARQUE DOS PODERES

Mago, cãozinho dócil e querido, foi adotado pelos servidores da TV Educativa em novembro de 2023, quando apareceu “do nada” na instituição.

A partir de então, ele foi adotado e acolhido com comida, água e um lar improvisado. Em pouco tempo, se tornou o xodó dos funcionários e o “queridinho” da instituição. Os servidores colocaram o nome dele de “Mago”.

Com o seu jeito manhoso e brincalhão, logo conquistou o coração e o mimo de todos no Parque dos Poderes.

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).