Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SEM ENTREVISTA

Renovação de visto para os Estados Unidos será simplificada

Turista que teve visto com validade de 10 anos poderá ser dispensado de entrevista
28/01/2020 07:30 - EDUARDO MIRANDA


 

Os brasileiros que tiraram os vistos de turismo e negócios (B1/B2) para ingressar nos Estados Unidos com validade de 10 anos terão uma boa notícia neste ano, quando tiverem de fazer a primeira renovação: boa parte destes cidadãos poderá fazer a renovação automática de sua documentação, sem a necessidade de se deslocar ao consulado para a realização de entrevista. 

Em visita ao Correio do Estado, o cônsul-geral dos Estados Unidos em São Paulo, Adam Shub, afirma que a novidade trará muito mais comodidade e praticidade. “O turista precisará preencher um formulário e, se não houver nenhuma restrição, ficará dispensado da entrevista”, explicou. 

A praticidade será dos dois lados, uma vez que o consulado de São Paulo, só no ano passado, emitiu 275 mil vistos de viagem para os Estados Unidos. “Somos o quarto consulado norte-americano do planeta em demanda”, revela o cônsul. 
Para renovar o visto de não-migrante, os trâmites são parecidos com os de quem está solicitando o visto pela primeira vez, mas com a isenção de entrevista no consulado. É preciso preencher formulário DS-160, pagar todas as taxas e entregar documentação solicitada no Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV).

VISITA 

Em Mato Grosso do Sul, Adam Shub, cônsul dos EUA em São Paulo, tem participado de encontro com empresários e autoridades. O objetivo é o de aproximar ainda mais a relação com o Brasil, que é histórica. “Temos empresas que atuam aqui há mais de um século e sempre com muito investimento”, lembra. O turismo, nas duas pontas, também é incentivado. Segundo ele, da mesma forma que o brasileiro cada vez mais se interessa em conhecer mais lugares dos Estados Unidos, também é interessante para o norte-americano conhecer as atrações de Mato Grosso do Sul, como Bonito e o Pantanal. 

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!