Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COVID-19

Resende pede ajuda de municipais para evitar subnotificação

Mato Grosso do Sul tem quase 2 mil casos ainda sem resolutividade em várias cidades
23/05/2020 11:49 - Daiany Albuquerque


 

O secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende solicitou que os secretários municipais de Saúde enviem informações para a pasta sobre os casos em aberto de síndromes gripais. Conforme boletim epidemiológico divulgado neste sábado (23), são 2.241 casos que ainda não tiveram resolutividade. Sem o resultado desses exames, o Estado pode ter subnotificação de casos da Covid-19, o novo coronavírus.

Em todo o país houve um aumento expressivo nos casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) neste ano, em comparação com a média dos últimos dez anos, conforme pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Isso pode indica uma subnotificação dos casos da Covid-19. 

Em Mato Grosso do Sul, grande parte desse número ainda sem resolutividade, 1.966, estão com os municípios e 275 estão para serem processados pelo Laboratório Central (Lacen-MS). Mais da metade desses casos estão em Campo Grande, com 1.064. 

“Eu quero fazer um apelo a todos os secretários municipais de saúde, junto a suas Vigilâncias Sanitárias, que eles nos encaminhem os encerramentos dos casos que estão em abertos. Só no município de Campo Grande nós temos mais de 1 mil casos em abertos em relação as síndromes gripais, se deu positivo ou negativo, encaminhar. Em Dourados nós temos quase 400 casos em aberto. É preciso que encaminhe todos esses dados a nossa equipe para que consolide e encaminhe ao Ministério da Saúde, já que adoraram normativas diferentes nos últimos tempos para que sejam acrescidos e essa tarefa é para todos os municípios para que sejam acrescidos esses números a nível de Estado”, pediu o secretário.

Com a queda na temperatura, Resende lembrou que isso pode trazer ainda mais casos para o Estado. “Está chegando o frio no Estado de Mato Grosso do Sul e é importante que saibamos que junto com o frio vem também as chamadas síndromes gripais e lógico que a nossa preocupação com os meses de maio, junho e julho é que nós teremos um acréscimo, e já estamos experimentando, exponencial de números de Covid-19 positivo”.

BOLETIM

Nas últimas 24 horas, Mato Grosso do Sul teve um acréscimo de 53 novos casos da doença. A maior parte foi em Guia Lopes da Laguna – a 232 quilômetros de Campo Grande – com 23 casos confirmados de sexta-feira para este sábado. Com esses novos episódios o município já contabiliza 144 infectados.

Outros 13 casos foram confirmados em Bonito, cidade da mesma região de Guia Lopes. A principal cidade turística do Estado já tem 30 casos confirmados, até a manhã deste sábado.

 

Felpuda


A lista do Tribunal  de Contas de MS,  com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros  de quando exerceram cargos públicos,  está deixando  muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto  pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!