Clique aqui e veja as últimas notícias!

VIDA NOVA, CARA NOVA

Reviva Centro: Entrega da obra de revitalização da rua 14 de julho completa um ano

Mesmo com a pandemia, fluxo no Centro permaneceu, o que se deve ao bom resultado da obra
30/11/2020 15:13 - Brenda Machado


Campo Grande já comemora um ano de entrega obra de revitalização do coração da cidade, a rua 14 de julho.

A obra, que fez parte do projeto Reviva Campo Grande, durou cerca de 17 meses e foi entregue antes do prazo final.

Acompanhe as últimas notícias do Correio do Estado

E mesmo com a chegada da pandemia, pouco tempo depois da inauguração, a população não deixou de prestigiar.

Segundo a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o comércio varejista de Mato Grosso do Sul foi 1,2% maior em setebro, se comparado ao período anterior.

Outro dado animador é a abertura de 766 empresas no estado, em outubro, o que representa recorde para o mês na série histórica iniciada em 2008.

O último levantamento foi feito pela Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems) e confirma uma leve tendência de recuperação da economia do Estado, que para os especialistas pode estar ligada à nova cara do Centro da Capital.

O arquiteto e urbanista, Carlos Lucas Mali, diz que a obra entregou tudo aquilo que prometeu, conseguiu retirar toda a poluição visual e trouxe um ar mais agradável para a hora do passeio.

“Essa reurbanização trouxe um novo olhar das pessoas sobre a cidade. O que se percebe é que, aos poucos, a população vai se incorporando à proposta”, frisou.

Ainda de acordo com o arquiteto, a entrega e o tipo da obra coincidiu com as necessidades do atual momento. Ter calçadas largas, espaço amplo e beleza visual, faz com que as pessoas se sintam mais confortáveis, já que a pandemia trouxe a necessidade do distanciamento social.

 
 

Não para não

Com o principal ponto comercial da cidade já entregue, o próximo passo do Reviva Campo Grande é iniciar a revitalização do quadrilátero central.

As novas mudanças irão da Avenida Calógeras até a rua José Antônio, e da Avenida Fernando Corrêa da Costa até a Avenida Mato Grosso.

De acordo com a Prefeitura Municipal, as futuras intervenções não são tão complicadas quanto à já realizada na rua 14 de julho.

Para a próxima etapa do projeto estão inclusas: instalação de mobiliário urbano, padronização de calçadas, paisagismo, recapeamento, iluminação em LED, Wi-fi.

Os projetos visam melhorar a mobilidade urbana, a segurança e a qualidade de vida do cidadão.

A previsão é de que a obra tenha início já no começo de 2021.