Clique aqui e veja as últimas notícias!

ALERTA

Com chuvas abundantes, Rio Miranda está há mais de 20 dias em situação de alerta

Rio já transbordou, deixando várias famílias desalojadas; sua situação é delicada desde 18 de janeiro
13/02/2021 13:32 - Naiara Camargo


Embora o nível do Rio Miranda tenha diminuído nos últimos dias, inclusive na estação telemétrica Estrada MT-738 (em Nioaque), sua situação ainda é crítica e continua sob alerta.

O recorde foi em 22 de janeiro, na estação Estrada MT-738, quando a altura atingiu 9,75 m. Em 23 de janeiro, o nível do rio também chegou à altura crítica de 9,69m. 

Últimas Notícias

Na última quarta-feira (10), o Rio Miranda, na estação telemétrica da cidade de Miranda, alcançou 6,73m. Já na quinta-feira (11), 6,60m e na ontem (12), atingiu 6,46m. 

Os dados são do Boletim Diário do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (IMASUL), e do Boletim Mensal de Janeiro.

O Rio Miranda transbordou no último dia 28, deixando 25 famílias desabrigadas. Edson Moraes, prefeito da cidade, decretou situação de emergência.

De acordo com Estação Meteorológica da Uniderp, em janeiro choveu cerca de 260mm na cidade, enquanto o esperado para o mês todo era de 197,7mm.

Outros níveis registrados no rio Miranda

Em 30 de janeiro, o nível de água da estação telemétrica Estrada MT-738 chegou a 6,93m.

No dia 31, no mesmo local, a altura do rio atingiu os 6,86m. Em 1º de fevreiro, estava em 4,81m.

Na estação telemétrica de Miranda, o Rio Miranda alcançou 7,63m no dia 30. Já no dia 31, atingiu 7,6m. Em 1º de fevereiro, 7,46m.

De 25 à 31 de janeiro, o nível na estação telemétrica de Miranda tem se mantido acima de 7,25m

Chuvarada de janeiro

Ainda de acordo com o Cemtec, choveu 3.738 milímetros só em janeiro em Mato Grosso do Sul. No mesmo período do ano passado, esse acumulado foi de 2.153,3 mm.

Devido à abundância de chuvas em Mato Grosso do Sul, só no mês de janeiro, já houve enchentes, ruas alagadas, famílias desalojadas, trechos emburacados, desmoronamento de pontes, e rios em situação de emergência.

Verão

Compreende os meses de dezembro, janeiro, fevereiro e março. Suas principais características são chuvas recorrentes, tempo úmido, calor e dias mais longos. No Brasil, o verão começou em 21 de dezembro de 2020 e vai até 20 de março deste ano.

Deve-se tomar cuidados em casos de tempo adverso nesta época do ano por conta da chuva forte.

Recomendações em casos de tempo adverso, segundo o CEMTEC

  • Em caso de chuva: não enfrentar pontos de alagamento ou enxurradas; procurar rotas alternativas no trânsito e dirigir devagar;
  • Em caso de raio: evitar locais abertos; não ficar debaixo de árvores; não ficar próximo a cercas de metal; ficar calçado e desligar eletroeletrônicos da tomada;
  • Em caso de granizo: deve-se tomar cuidado no deslocamento após chuva de granizo, pois o chão fica escorregadio.

Assine o Correio do Estado