Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COVID-19

Rio tem a terceira morte confirmada pelo novo coronavírus

Terceira vítima fatal da doença era um idoso, morador de Petrópolis
21/03/2020 11:06 - Estadão Conteúdo


 

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro confirmou neste sábado, 21, a terceira morte pelo novo coronavírus no estado. A terceira vítima é um  idoso, morador de Petrópolis, região Serrana. Os dois primeiros óbitos no estado foram registrados esta semana em Miguel Pereira e Niterói.

Até o momento, o estado do Rio registra 110 casos confirmados da doença, distribuídos nas seguintes cidades: Rio de Janeiro (89), Niterói (10), Petrópolis (3), Barra Mansa (1), Guapimirim (1) e Miguel Pereira (1).  Há ainda três (3) estrangeiros confirmados para a Covid-19, além de dois (2) casos com o local de residência em investigação.

Para tentar conter o avanço da doença no Estado, o governador Wilson Witzel decretou uma série de medidas de restrição de circulação de pessoas. Entre elas, está a restrição do transporte de passageiros, por terra e ar, entre o Estado do Rio de Janeiro e São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Distrito Federal. Witzel também suspendeu o transporte intermunicipal de passageiros entre as cidades da Região Metropolitana e a capital fluminense. A restrição não se aplica a trens e barcas, mas que operam em um esquema diferenciado.

O governo do Estado do Rio também proibiu eventos e atividades com a presença de público, como shows, eventos esportivos e mesmo festas particulares em salões. Cinemas e teatros devem permanecer fechados, assim como atrações turísticas como o monumento do Cristo Redentor e o bondinho do Pão de Açúcar. 

 

Felpuda


Dia desses, há quem tenha se lembrado de opositor ferrenho – em público –, contra governante da época, mas que não deixava de frequentar a fazenda de “sua vítima” sempre que possível e longe dos olhos populares. Por lá, dizem, riam que só do fictício enfrentamento de ambos, que atraía atenção e votos. E quem se lembrou da antiga história garantiu que hoje ela vem se repetindo, tendo duas figurinhas carimbadas nos papéis principais. Ô louco!