Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Sancionada lei que suspende cobrança da Cosip até junho

Isenção vale apenas para beneficiários da tarifa social de energia
01/05/2020 07:31 - Da Redação


O prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), sancionou lei complementar que isenta beneficiários da tarifa social de energia elétrica do pagamento da Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública (Cosip) por três meses. O texto foi publicado na edição de quinta-feira (30) do Diário Oficial da Capital (Diogrande).

A medida tem validade de 90 dias, no período de 1º de abril a 30 de junho de 2020,  e beneficiará, de acordo com os dados de março, 35.061 famílias. Com essa lei, a Prefeitura deixa de arrecadar em torno de R$ 890 mil, beneficiando as famílias que passam por dificuldade.

A isenção de Cosip complementa o benefício concedido pelo Governo Federal, que assumiu o pagamento por 3 meses das contas de energia elétrica para famílias de baixa renda, beneficiadas pela tarifa social,, desde que gastem até 220 quilowatts por mês. A cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidente sobre essas as contas também foi suspensa, por decisão do Governo do Estado.

O objetivo é aliviar o bolso do contribuinte durante a quarentena imposta pela pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.  Campo Grande tem 128 casos confirmados de coronavírus e duas mortes. Em Mato Grosso do Sul, já são 249 infectados e nove mortes.

 

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!