Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

Saúde de MS define regras para regulação de leitos para Covid-19 e SRAG

Municípios deverão solicitar vagas em cidades de referência ou sede de microrregião ou macrorregião
02/09/2020 10:27 - Adriel Mattos


A Secretaria de Estado de Saúde (SES) definiu novas regras para o uso dos leitos clínicos e em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) de uso exclusivo para a Covid-19 e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

As normas constam em resolução publicada na edição desta quarta-feira (2) do Diário Oficial Eletrônico (DOE). Há dois tipos de rotinas: para leitos clínicos e para UTIs.

O fluxo vai funcionar da seguinte forma: o município solicita vaga a uma unidade de referência, a central verifica se há disponibilidade. Se houver, envia para o hospital determinado na microrregião. Se não, encaminha para a cidade-sede da macrorregião.

Cada uma das regiões têm pelo menos um leito. Dos 79 municípios, 64 tem vagas exclusivas para pacientes com suspeita ou diagnosticados com Covid-19 ou SRAG.

O segundo fluxo, para leitos de UTI, funciona da mesma forma. São 16 cidades com pelo menos cinco vagas.

Continuam como unidades de retaguarda, ou seja, aquelas que recebem pacientes da rede pública caso os hospitais de referência não possam atender, os hospitais:

  • Santa Casa de Campo Grande (90 leitos clínicos e 10 leitos de UTI)
  • Hospital do Câncer Alfredo Abrão (18 leitos de UTI)
  • Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados (32 leitos clínicos)
 
 

DADOS

No último boletim epidemiológico divulgado pela SES ontem, terça-feira (1º), o Estado tinha 49.820 casos e 889 mortes pela doença.

Estão internadas 562 pessoas, sendo 308 em leitos clínicos e 264 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Portanto, em 24 horas, uma pessoa foi hospitalizada no Estado.

Há ainda dez pacientes de outros estados sendo tratados em Mato Grosso do Sul, mas não contabilizados oficialmente pela SES.

Considerando o total geral de leitos e internações por outras doenças, a macrorregião de Corumbá está com 78% dos leitos ocupados. A macrorregião de Dourados está com 75% da capacidade ocupada.  

A região de Campo Grande está com 72% de ocupação. E a macrorregião de Três Lagoas tem 45% de leitos ocupados.

 

Felpuda


Casal de políticos muito conhecido a-do-ra cargos públicos, e, assim, “um puxa o outro” na maratona política, que inclui disputa de mandatos, direção de órgãos e até mesmo nomeações com prerrogativa de não ter de bater ponto. A nova empreitada agora é conquistar uma das prefeituras do interior. Em caso de derrota, é quase certo que os nomes de ambos deverão aparecer no Diário Oficial antes mesmo do fim deste ano.