Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Saúde obrigará clínicas a apresentarem certificados de testes

Secretário afirmou que muitos testes de Covid-19 tem dado falso positivo na Capital
02/05/2020 11:20 - Daiany Albuquerque


 

Com o intuito de inibir o uso de testes não aprovados, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) publicará uma resolução determinando que todas as instituições de saúde particulares que estão testando pacientes para o novo coronavírus apresentem para o órgão o certificado e a aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) dos testes.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, alguns testes feitos em Campo Grande tem apresentado um falso positivo. “Tivemos a informação da profusão de teste que está dando falso positivo aqui na Capital. É importante que estejamos antenados e vamos fazer tudo para que a que população de Mato Grosso do Sul não caia em ciladas na feitura desses teste com único objetivo de conquistar recursos”.

Todas as instituições que estão fazendo testagem serão obrigadas a fornecer lista de pessoas que fizeram o teste, números de testes, os certificados desses testes, o lote, se foram aprovados pela Anvisa e se passaram pela certificação no Instituto Nacional Controle Qualidade em Saúde (INCQS).

Em Mato Grosso do Sul, nas últimas 24 horas, cinco novas pessoas tiveram a confirmação da infecção. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado neste sábado pela SES, ao todo são 266 casos confirmados e 53 em investigação.

Dos novos casos, três são em Campo Grande e dois em Três Lagoas, cidades que concentram a maior parte dos casos, sendo 137 na Capital e 54 no outro município.

 

Felpuda


Pré-candidato a prefeito de Campo Grande divulgou vídeo em que político conhecido Brasil afora anuncia apoio às suas pretensões. O problema é que o tal líder já andou sendo denunciado por mal feitos em sua trajetória, sem contar que o pai do dito-cujo teve de renunciar ao cargo de ministro por ter ligações nebulosas com empresa de agrotóxico. Depois do advento da internet, essa coisa de o povo ter memória curta hoje não passa de coisa “da era pré-histórica”.