Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

Saúde pede e show em comemoração ao aniversário do Estado será por live

Inicialmente, show teria presença de público, mas devido ao coronavírus houve mudança e evento será apenas transmitido online
09/10/2020 11:34 - Glaucea Vaccari


Show em comemoração aos 43 anos de Mato Grosso do Sul, que seria realizado no domingo (11) no Parque das Nações Indígenas, não terá mais a presença de público e será transmitido apenas em live.  

A mudança ocorreu a pedido da Secretária Estadual de Saúde, devido à pandemia do coronavírus.

Evento será com o grupo Chalana de Prata e participação especial de Geraldo Espíndola, na Concha Acústica Helena Meirelles, com transmissão ao vivo a partir das 19h, no Youtube da Fundação de Cultura.

Secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, disse que chegou ao conhecimento da pasta que o evento seria realizado com público presencial, e que, ao saber disso, conversou com o secretário de Governo, Eduardo Riedel, e a presidente da Fundação de Cultura, Mara Caseiro, e foi garantido que não haverá público e transmissão apenas online.

“Será transmitido através de live e todas as regras de biossegurança serão adotadas. O governo está atento dentro daquilo que preceitua o Prosseguir, criado pelo próprio governo com a colaboração da Opas, e certamente não seremos nós que vamos cometer qualquer ação que colida com o programa Prosseguir”, afirmou.

Na divulgação inicial, o público ficaria em arquibancada com espaços demarcados, com distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas e uso obrigatório de máscara.

Secretário de Saúde afirma que um show presencial vai contra os apelos que estão sendo feitos para que a população mantenha o isolamento social e evite aglomerações, especialmente durante o feriado prolongado.

“Para que não tenha daqui a 15 dias, 20 dias, números que vão refletir o que vamos plantar nesse fim de semana prolongado, estamos aqui fazendo um alerta. Os que vão viajar para cidades turísticas do Estado ou fora do estado, que o façam com todas as regras de precauções, não aglomerações,uso de máscara e manter a etiqueta de higiene”, pediu.

Secretária adjunta de Saúde, Christine Maymone, também reforçou para que a população continue com medidas de prevenção durante o feriadão. 

"O momento é de alerta e de prevenirmos e evitarmos aglomerações de todas as formas possíveis para que possamos preservar a vida nossa e de todos os nossos entes queridos. As aglomerações e taxas de contágio podem modificar rapidamente, num momento em que a gente começa a ter um leve declínio, se realmente não continuarmos em alerta podemos voltar a indicadores muito piores", ressaltou.

Mara Caseiro, que acolheu o pedido e modificou o show de presencial para online, afirma que a cultura precisa continuar viva e o Dia da Criação do Estado é uma data especial para comemorar.  

“Escolhemos essa data em que comemoramos os 43 anos do Estado de Mato Grosso do Sul para trazer esse show da Chalana de Prata para que as pessoas possam ter um pouco de lazer, cultura e alegria, mesmo de forma online”, disse.

 
 

Boletim

Nas últimas 24 horas, foram confirmadas 544 novos casos e 14 mortes por Covid-19 em Mato Grosso do Sul.

Desde o início da pandemia, o Estado soma 74.092 confirmações e 1.409 óbitos pela doença. Entre os casos, 67.766 já estão recuperados.

Entre as mortes, sete vítimas eram de Campo Grande, duas de Cassilândia, duas de Ponta Porã, e uma de Água Clara, Corumbá e Naviraí. Elas tinham entre 33 e 90 anos.

Média móvel de casos é de 466 por dia e 12 mortes diárias. Taxa de letalidade permanece em 1,9%, enquanto a taxa de contágio está em 0,98%.

 

Felpuda


Ex-cabecinha coroada anda dizendo por aí ser o responsável por vários projetos para Campo Grande, executados posteriormente por sucessor. 

Ao fim de seus comentários, faz alerta para que o eleitor analise atentamente de como surgiram tais obras e arremata afirmando que não foi “como pó mágico de alguma boa fada madrinha. 

Houve muito suor nos corredores de Brasília”. Então, tá!...