Clique aqui e veja as últimas notícias!

VOLTA ÀS AULAS

"A segurança da escola está tão boa quanto em qualquer outro lugar", diz secretária sobre retorno às aulas na rede estadual

Aulas na Rede Estadual de Ensino retornam na próxima segunda-feira (1º)
22/02/2021 13:30 - Naiara Camargo


A uma semana do retorno das aulas na Rede Estadual de Ensino (REE), ainda não se sabe se elas serão em regime híbrido ou totalmente remoto. Haverá uma reunião na próxima quarta-feira (24) para decisão.

A secretária de Educação do Estado, Maria Cecília Amêndola da Mota, diz que cogita trazer metade dos alunos em uma semana, e metade na outra. 

Últimas Notícias

Ela elogia o plano de biossegurança incrementado na Rede Estadual de Ensino (REE). “A segurança da escola está tão boa quanto qualquer outro lugar que está aberto. Estamos prontos para podermos receber as crianças”, afirma.

As aulas presenciais na REE estão suspensas desde 23 de março de 2020, devido à pandemia da Covid-19. No ano passado, as escolas estavam abertas apenas para reforço e plantão de dúvidas.

Plano de Biossegurança para volta às aulas 

Protocolos de biossegurança serão tomados para conter o contágio do novo coronavírus, caso haja o retorno híbrido:

Disponibilização de álcool gel, aferição de temperatura corporal, distância mínima de 1,5m, distribuição de cartazes informativos e uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) são algumas delas.

O Estado investiu R$ 3,6 milhões para a volta às aulas. Desses, R$1,3 milhão foi destinado à compra de produtos indispensáveis para evitar a proliferação do vírus. 

Alguns deles são: termômetros, luvas, máscaras, borrifadores, álcool em gel, dispensar em totem e materiais de limpeza.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), afirma que só haverá retorno total às aulas presenciais quando houver recomendação científica.

“Esse protocolo é importante, norteia as ações, mas é a ciência que vai nos dizer se vamos voltar ou não. Vamos continuar ouvindo a ciência”, disse.

A REE possui cerca de 194,7 mil alunos em todo o Estado; 345 escolas em todos os 79 municípios do Estado; 16 mil docentes e 5 mil técnicos administrativos.

Assine o Correio do Estado