Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAPITAL

Secretaria estuda criar plataforma online para alunos durante suspensão das aulas

Turmas iniciais terão caderno de tarefas, que deverá ser impresso pelos responsáveis
02/04/2020 16:07 - Adriel Mattos


 

A Secretaria Municipal de Saúde (Semed) de Campo Grande estuda criar uma plataforma online para atividades que os alunos devem desenvolver durante a suspensão das aulas, prorrogada até 5 de maio. “A ideia é que estas atividades já estejam disponíveis no site a partir do dia 7 de abril”, disse a titular da Semed, Elza Fernandes.

Essa plataforma será para os alunos do 4º ao 9º ano. Crianças do 1º ao 3º ano terão um caderno de experiências, que ficará disponível para impressão nessa plataforma. Quem não tiver condições de imprimir, poderá buscar o caderno na escola, em data e hora agendada pela direção.

O professor será o responsável pela orientação e esclarecimento de dúvidas dos alunos pelo aplicativo de mensagens WhatsApp, onde criará grupos que serão como salas de aula. Serão utilizados os telefones dos pais dos alunos de suas respectivas turmas.

O professor também terá autonomia para enviar ou produzir outras atividades complementares, como vídeos, textos ou tutoriais, que complementem a interação com o aluno.

As aulas estão suspensas desde 18 de março e deveriam voltar na próxima semana. Mas o governo do estado recomendou manter a suspensão até maio para minimizar o avanço da pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

 

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!