Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COVID-19

Secretário pede forma “criativa” para comemorar Dia dos Pais e evitar aglomeração

“Podemos ter formas alternativas de homenagear os nosso pais”, orientou Resende
08/08/2020 14:22 - Daiany Albuquerque


O Dia dos Pais é comemorado neste domingo (9) e este ano a festa deverá ocorrer de forma diferente. Esta é a orientação do secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, por conta da pandemia da Covid-19, que está em aumento exponencial de casos e mortes em Mato Grosso do Sul. 

Para Resende, a melhor forma de preservar os pais, principalmente os idosos, é encontrar formas alternativas para a comemoração. “Amanhã é dia dos pais, sei que esse dia é importante, mas eu gostaria de pedir a cada um no Mato Grosso do Sul que tenhamos muito cuidado nesse dia tendo em vista para que nós evitemos as aglomerações. Podemos ter formas alternativas de homenagear os nossos pais. Hoje a internet tem vários aplicativos para que a gente evite reuniões, porque nessas reuniões nós temos acompanhados que através dessas pequenas reuniões familiares é que o vírus se propaga com mais intensidade”.

Conforme dados divulgados neste sábado, Mato Grosso do Sul chegou a mais de 30 mil casos de Covid-19, com os dados das últimas 24 horas o Estado contabiliza 30.707 episódios, sendo que 719 foram somados hoje. A maioria desses casos, 307 são de Campo Grande, epicentro da doença na unidade federativa.

Nas últimas 24 horas, 11 óbitos foram acrescidos em Mato Grosso do Sul, sendo que 6 foram em Campo Grande. Com isso, o Estado já contabiliza 492 óbitos pela doença, com 84 apenas nestes 8 dias de agosto. A média móvel dessa semana ficou em 12 mortes por dia.

“A doença está em expansão, presente e continua fazendo vítimas, principalmente na macrorregião de Campo Grande. A Capital tem contribuído todos os dias com 40 a 50% dos casos todos os dias. Não temos controle da doença, apesar de alguns querem passar essa impressão”, declarou o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Resende.

Com os dados deste sábado, Campo Grande chegou a 12.493 casos conformados e 176 mortes do novo coronavírus. Dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES) mostram que a pandemia tem crescido exponencialmente na Capital, com o aumento do acúmulo de casos a cada semana.

Nas três últimas semanas Campo Grande passou dos 3 mil casos a cada sete dias. Na semana 30 foram 3.230 casos, no período seguinte mais 3.227 e nesta semana já são 3.633 episódios confirmados.

 
 

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!