Clique aqui e veja as últimas notícias!

COVID-19

Saúde autoriza aplicação da 2º dose da Pfizer em quem tomou 1º da Coronavac e AstraZeneca

A medida foi tomada devido ao atraso no envio de lotes da AstraZeneca
14/09/2021 12:00 - Gabrielle Tavares


Secretaria de Estado de Saúde (SES) autorizou aplicação da segunda dose da vacina Pfizer em quem tomou a primeira dose da Astrazeneca, ou Coronavac.

A medida foi tomada devido ao atraso no envio de lotes da Astrazeneca. 

Segundo o Ministério da Saúde, a distribuição ficou comprometida em razão a falta de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para produção de doses pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). 

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, explicou que a "mistura" de patentes não causa danos.

A intercambialidade entre as vacinas foi liberada pelo Ministério da Saúde, através da nota técnica 6/2021-SECOVID/GAB/SECOVID/MS, quando não for possível aplicar a segunda dose com o imunizante do mesmo fabricante. 

“Para não atrasar o calendário vacinal, autorizamos os municípios aplicarem a D2 de Pfizer nas pessoas que tomaram a primeira dose da Astrazeneca e precisam completar o esquema vacinal”, disse.

Últimas notícias

A SES enfatizou que o prazo entre as doses não será alterado. A segunda dose deverá ser administrada no intervalo previamente estabelecido, respeitando o intervalo adotado para o imunizante utilizado na primeira dose.

De acordo com resolução CIB/SES, os municípios poderão fazer a intercambialidade de doses a partir do novo lote com vacinas da Pfizer que chegaram ao Estado na segunda-feira (13) e serão distribuídos hoje.