Clique aqui e veja as últimas notícias!

EDUCAÇÃO

Segunda fase do Enem tem pouca aglomeração e atrasados em Campo Grande

Muita gente se antecipou e preferiu chegar quando os portões estavam abrindo às 10h
24/01/2021 14:03 - Flávio Veras


O segundo dia de aplicação da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em Campo Grande foi de pouca aglomeração em frente a Uniderp, um dos locais que abriga o maior número de alunos e onde houve registro de pouco distanciamento na entrada para o primeiro dia do teste.

Diferente da primeira, desta vez houve quem não conseguisse chegar antes do fechamento dos portões.

Como todas as provas do Enem, o nervosismo na segunda fase do processo seletivo era evidente na maioria dos participantes. Além disso, muitos dos concorrentes preferiram chegar com antecedência e garantir seu lugar nas salas em que o exame foi aplicado na Uniderp. 

Porém, ao menos três participantes chegaram faltando um minuto para o fechamento do portão e uma das estudantes chegou após as 12h, quando não é mais permitido a entrada. 

O azar ocorreu com a jovem estudante de 18 anos Beatriz Maria Queiroz. Ela explicou que morava em Campo Grande, mas devido a pandemia do novo coronavírus passou a morar em Inocência.
Com lágrimas nos olhos e voz embargada, ela comentou que conseguiu fazer a primeira prova, mas acabou se atrasando desta vez por causa da viagem. 

“O fato de ter vindo de Inocência para Campo Grande,me atrapalhou. Além disso, o ‘Uber’ demorou muito, agora paciência, acontece”, contou. 

Já o estudante Lucas Gomes se antecipou com mais de duas horas de antecedência, e ainda levou um lanche para enfrentar a prova. 

“Eu tentei chegar bem antes e consegui lanchar. Da outra vez eu fiz isso e quero continuar assim”, comentou.

PROVA

A prova de hoje acontece em 41 municípios de Mato Grosso do Sul. Serão 135 escolas da Rede Estadual de Ensino (REE) utilizadas para o exame, 21 delas em Campo Grande. 

Neste domingo os estudantes fazem a prova com questões de matemática e de ciências da natureza. Após o fim da aplicação do Enem impresso, o gabarito das provas objetivas deverá ser divulgado a quarta-feira (27). 

As notas finais sairão até o dia 29 de março.

É importante lembrar que participantes que estiverem com sintomas de Covid-19 ou de outra doença infectocontagiosa não deveriam comparecer ao exame, mesmo que tivessem participado do primeiro dia de aplicação. 

A medida é necessária para que o vírus não se espalhe e mais pessoas sejam contaminadas.

Nesses casos, os candidatos têm a opção de fazer a prova na data da reaplicação, nos dias 23 e 24 de fevereiro. Para isso, deveriam ter feito o pedido pela página do participante até as 12h de sábado (23) ou a partir de segunda-feira (25).

Esta edição do Enem traz algumas novidades relacionadas à acessibilidade. Leitor de tela, redação em braile e correção especial das provas de participantes autistas e surdocegos são algumas delas. 

As medidas somam-se a outras que vêm sendo adotadas pelo exame ao longo dos anos, como videoprova em Língua brasileira de Sinais (Libras) e provas com textos e imagens ampliados.

BIOSSEGURANÇA

Em decorrência da pandemia da Covid-19, neste ano, o Inep adotou uma série de medidas preventivas para garantir a aplicação segura da prova para os candidatos. As medidas devem ser seguidas obrigatoriamente por todos que forem prestar o Enem.

O uso de máscaras de proteção facial é obrigatório durante toda a aplicação da prova. 

O participante que não utilizar a máscara cobrindo totalmente o nariz e a boca, desde sua entrada até sua saída do local de provas, ou recusar-se, sem justificativa, a respeitar os protocolos de proteção contra a Covid-19, a qualquer momento, será eliminado do exame.

Só será permitida a retirada da máscara para alimentação ou ingestão de líquidos. O participante poderá levar mais de uma máscara para troca ao longo do dia.

A higienização das mãos com álcool em gel, próprio ou fornecido pelo Inep, será obrigatória antes da entrada em sala de provas. Recipientes de álcool ficarão disponíveis durante toda a aplicação.

A ida ao banheiro será permitida desde que seja respeitada a distância prevista nos protocolos.

Vistoria eletrônica das pessoas e de lanches, por meio de detector de metais, também respeitarão os protocolos de segurança e prevenção.

As escolas serão higienizadas antes da aplicação do exame e organizadas também para garantir um distanciamento social adequado.

Pessoas com caso confirmado ou com sintomas de Covid-19 ou outras doenças infectocontagiosas, não devem comparecer aos locais de aplicação e o caso deve ser comunicada, por meio da página do participante, antes da aplicação do exame. 

Para a análise da possibilidade de reaplicação, o participante deverá inserir, obrigatoriamente, no momento da solicitação, documento legível que comprove a doença.