Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

INFLUENZA

Segunda remessa de vacinas contra H1N1 acaba em menos de 1 dia

Poucos locais de vacinação ainda tem doses, mas a previsão é de que elas terminem à tarde
31/03/2020 12:07 - Daiany Albuquerque


 

As cerca de 39.600 doses de vacina contra a Influenza A, H1N1, já estão esgotadas na maioria das Unidades de Saúde e farmácias de Campo Grande que estavam oferecendo a imunização.

De acordo com a Superintendente de Vigilância em Saúde, Veruska Lahdo, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) estima que nos poucos locais onde ainda há disponibilização da vacina, até o final da tarde desta terça-feira (31) o estoque também deve acabar.

Segundo Lahdo, durante entrevista a emissora de televisão, a grande procura pelo grupo de risco foi o motivo para que o estoque acabasse de forma tão rápida, já que a vacinação foi retomada na tarde de segunda-feira, após chegada de nova remessa vinda do Ministério da Saúde.

A campanha de vacinação está concentrada nos idosos e funcionários da saúde. A imunização teve início no dia 24 de março, terça-feira passada, em Campo Grande. As doses da primeira remessa também foram esgotadas no dia seguinte ao início da campanha.

Conforme a superintendente, apesar de esgotado os estoques, esse material não será resposto, já que as doses da segunda remessa haviam sido totalmente distribuídas. A Sesau não informou ainda a previsão de chegada do terceiro lote.

A grande procura pela vacina se deve, em grande parte, por conta da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus. Apesar de não imunizar contra a doença, os profissionais de saúde tem orientado que os idosos, principalmente, tomem a vacina, já que eles são do grupo de risco no caso da nova doença e uma segunda comorbidade por afetar ainda mais a saúde dessas pessoas.

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!