Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MORTE E INVALIDEZ

Seguro DPVAT pagou 60 indenizações por acidentes no Carnaval de 2019 em MS

PM já notou redução nos acidentes com vítimas em 2020
01/03/2020 18:16 - Fábio Oruê


 

Mato Grosso do Sul teve 60 ocorrências que tiveram indenização durante o período de Carnaval em 2019 - da Sexta-feira de Carnaval até a Quarta-feira de Cinzas -, segundo levantamento da Seguradora Líder, responsável pelo seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT) no Brasil. 

Desse número total, foram 11 ocorrências por morte, 20 por Despesas de Assistência Médica e Suplementares (DAMS) e também 20 por invalidez permanente. Este número é menor do que o apontado em 2018, que computou 66 ocorrências: 6 por morte, 12 por DAMS e 48 por invalidez permanente. 

Segurado ressalta que esses dados podem aumentar com o tempo, já que o prazo do pedido de indenização ser de até três anos. Não foi informado sobre o valor total dessas indenizações.

CARNAVAL 2020 

Polícia Militar informou que houve redução de 30% em casos envolvendo acidentes de trânsito com vítimas no Estado. Conforme levantamento da PM, em 2019, foram registrados 75 casos de acidentes com vítimas e neste ano 53 casos foram registrados.

Corpo de Bombeiros Militar divulgou que entre a Sexta-feira de Carnaval e a Quarta-feira de Cinzas o total de ocorrências atendidas chegou a 1.199, sendo que 439 vítimas precisaram de socorro, em todo o Estado. Na Capital, foram atendidas 286 ocorrências e 152 vítimas socorridas. 

 

 
 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante a Operação de Carnaval do órgão, foram registrados 29 acidentes, sendo 10 considerados graves. Ao todo, 45 pessoas ficaram feridas e 2 vieram a óbito no local do acidente.

Um dos casos aconteceu no final da manhã de domingo (23), na BR-262, em Nova Alvorada do Sul, que envolveu três caminhões: um caminhão VW 24.280, um caminhão Volvo Fh 540 e um Volvo Fh 460.

O veículo VW 24.280 seguia na faixa de trânsito sentido Nova Alvorada do Sul-Bataguassu, quando invadiu a faixa de sentido contrário, vindo a colidir frontalmente com caminhão-trator Volvo Fh. Com o impacto, o VW 24.280 começou a incendiar e, na sequência, colidiu lateralmente com Volvo Fh 460. O condutor do caminhão incendiado, de 19 anos, morreu no local. 

 

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.