Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NA BERLINDA

Moro convoca coletiva e pode anunciar demissão do cargo

Ele teria sido pego de surpresa com a exoneração do diretor-geral da PF
24/04/2020 08:42 - Da Redação


Após ter sido pego de surpresa pela exoneração do delegado Maurício Valeixo, agora ex-diretor-geral da Polícia Federal, bastidores do Ministério da Justiça são que Sérgio Moro pode deixar o cargo em breve. 

As informações são que, Moro não gostou da decisão do presidente Jair Bolsonaro e nesta sexta-feira (24) marcou coletiva de imprensa às 11h horário de Brasília para se pronunciar sobre o assunto.

 
 

A exoneração de Valeixo, no diário, aparece assinada por Moro e Bolsonaro. Mas há informações que a assinatura de Moro teria sido apenas por formalidade. 

O governo publicou que a exoneração foi “a pedido” (quando o próprio servidor público pede para sair do cargo), mas a informação é que Valeixo não pediu demissão, foi exonerado. 

A Polícia Federal é subordinada ao ministro da Justiça, e é praxe, em casos como o esse, o chefe da pasta assinar a exoneração. 

A assinatura aparecer sem o consentimento de Moro foi mais um movimento inusual que confirma que a saída de Valeixo não estava combinada com o ministro, muito menos para esta sexta.

*Com informações do G1

Felpuda


Como era de se esperar, as pesquisas mexeram nos ânimos de candidatos, principalmente daqueles que apareceram com índices pífios.

E assim, muitos deles certamente darão novo rumo às suas campanhas eleitorais.

A maioria, é claro, tenta mostrar otimismo, e o que mais se ouve por aí é que “agora o momento será de virada”.

Como disse atento e irônico observador: “Tem gente por aí que poderá virar, sim. Mas virar gozação!”. Ui...