Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FUNAI

Servidor público com 30 anos de casa é preso por tráfico

Suspeito usava veículo oficial para buscar maconha em Ponta Porã
27/05/2020 08:29 - Ricardo Campos Jr


Um funcionário público federal que trabalhava há quase 30 anos na Fundação Nacional do Índio (Funai) foi preso nessa terça-feira (26) por tráfico de drogas. Ele viajava com frequência para Dourados a trabalho, aproveitava para ir até Ponta Porã e carregava o veículo oficial com maconha.

O suspeito, que não teve o nome divulgado, andava pelas estradas sul-mato-grossenses sem despertar suspeitas, já que usava uma caminhonete L200 Triton com a logomarca do órgão e nunca era parado nas fiscalizações.

A droga era descarregada em Campo Grande. O esquema, segundo a polícia, era feito há longa data.

O servidor foi pego em Anhanduí graças a uma operação montada pela Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deco), que já estava monitorando os passos dele.

Na ocasião, ele trazia 300 quilos de maconha escondidos em isopores, na carroceria da caminhonete, cobertos por lona.

O funcionário público foi encaminhado à sede da Polícia Federal na Capital para o registro do flagrante.

 
 

Felpuda


Conversas muito, mas muito reservadas mesmo tratam de possível mudança, e não pelo desejo do “inquilino”.

Por enquanto, e em razão de ser um assunto melindroso, os colóquios estão sendo com base em metáforas.

Até quando, não se sabe, pois o que hoje é considerado tabu poderá se tornar assunto em rodinhas de conversas.

Como dizia o célebre Barão de Itararé: “Há mais coisas no ar, além dos aviões de carreira”. Só!