Clique aqui e veja as últimas notícias!

INVESTIGAÇÃO

Servidora Pública de Três Lagoas é investigada por falsa aplicação de vacina

Depois de vídeo viralizar na internet, Promotoria abre inquérito policial para investigar o caso
31/03/2021 11:47 - Beatriz Magalhães


A 9ª Promotoria de Justiça de Três Lagoas solicitou a abertura de inquérito policial para apurar a conduta de uma servidora pública municipal que aparece não aplicar a vacina contra a Covid-19 em uma idosa. A decisão foi baseada em vídeo que viralizou na internet  nesse fim de semana. 

Em nota, a Promotoria informa que ao deixar de aplicar regularmente o imunizante em pessoas da faixa de risco e de atendimento prioritário, a suspeita assume então o risco de que ela [idosa] possa contrair a doença eminentemente fatal, além de expor terceiros a perigo de contaminação.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 “A ocorrência ainda pode sinalizar lacuna no procedimento, dando margem a que inescrupulosos se aproveitem da situação e da limitação de insumos para o próprio benefício financeiro, em detrimento da segurança e da saúde da população'', informa a nota.

Ainda de acordo com a nota, as promotorias de Justiça com atuação na saúde e na força tarefa contra a Covid-19 em Três Lagoas, também foram acionadas para investigar a situação. O Conselho Regional de Enfermagem (Coren), também foi notificado. 

“Informamos ainda que a população de Três Lagoas e região pode ficar tranquila, já que todas as providências serão tomadas para evitar que pessoas inidôneas, aproveitando-se da situação grave em que nos encontramos, prejudiquem a população já tão sacrificada com a pandemia, nem coloquem em risco a saúde pública, abusando de eventuais pontos críticos no sistema de vacinação, em proveito próprio ou de terceiros”, finaliza a nota assinada pelo Promotor de Justiça de Três Lagoas, Luciano Anechini Lara Leite.

De acordo com o Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS), não há outro caso sendo investigado no Estado. 

Assine o Correio do Estado