Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MEDIDAS

Servidores municipais que estiveram no exterior devem ficar em isolamento

Os funcionários públicos municipais, com mais de 60 - a partir de 17 de março e até 5 de abril - vão trabalhar em casa
16/03/2020 12:00 - Natalia Yahn


 

As medidas estabelecidas pela Prefeitura de Campo Grande, para conter a disseminação do coronavírus no Estado, incluem isolamento domiciliar para servidores municipais que estiveram no exterior. A passagem por qualquer país estrangeiro - seja por férias ou eventuais licenças - deve ser comunicada imediatamente à Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). Servidores com mais de 60 anos devem trabalhar em casa.

Mesmo que o servidor não apresente qualquer sintoma relacionado ao Covid-19 - doença provocada pelo novo vírus - ele deverá ficar em casa por sete dias, afirma o decreto.

O texto também suspende por 60 dias a concessão e gozo de férias, licenças por interesse particular “e a realização e participação de cursos não relacionados a qualificação de combate ao Covid-19, de todos os servidores lotados na Secretaria Municipal de Saúde”. Além disso, as reuniões que envolvam população de alto risco para doença, como idosos e pacientes com doenças crônicas, devem ser canceladas.

“As instituições de longa permanência para idosos e congêneres devem limitar, na medida do possível, as visitas externas, além de adotar os protocolos de higiene dos profissionais e ambientes e o isolamento dos sintomáticos respiratórios”, orienta a prefeitura. Ontem, o Correio do Estado adiantou que alguns asilos da Capital já haviam suspendido as visitas aos idosos desde sexta-feira (13).

Os funcionários públicos municipais, com mais de 60 - a partir de 17 de março e até 5 de abril de 2020 -, devem trabalhar em casa e seguir orientação do titular de cada pasta, com exceção dos servidores que atuam na área de segurança pública e no sistema público de saúde.

Também estão suspensas as viagens de servidores municipais a serviço do município de Campo Grande, para deslocamentos no território nacional bem como ao exterior.

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.