Clique aqui e veja as últimas notícias!

TESTAGENS NOS PRESÍDIOS DO MS

SES disponibiliza 4 mil testes rápidos da covid-19 para unidades prisionais do Estado

Primeiro lote já foi enviado para unidade de Corumbá; Prefeitura local deve ajudar em mutirão de testes
01/09/2020 13:33 - Da Redação


Secretaria de Estado de Saúde (SES) destina 4 mil testes rápidos para detecção da Covid-19 à Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), para atender às demandas das unidades prisionais de Mato Grosso do Sul. 

A doação foi feita após uma solicitação da Agepen, com o objetivo de reforçar os trabalhos de contenção e prevenção ao alastramento da doença no ambiente carcerário.

O primeiro lote com mil unidades já foi enviado para os presídios feminino e masculino de Corumbá, para atender demanda de testagem em internos e servidores. 

A chefe da Divisão de Saúde da Agepen, Maria de Lourdes Delgado Alves, explica que os demais testes serão distribuídos conforme a necessidade de cada estabelecimento prisional. 

Em Corumbá, será realizado um mutirão em parceria com a Secretaria de Saúde do Município deve iniciar ainda esta semana. 

Até o momento, 17 casos foram constatados na unidade masculina e ainda nenhum foi identificado na feminina entre as detentas, conforme relatório diário das unidades prisionais.

Segundo ela, em algumas unidades já foram testados boa parte de internos e servidores, ou até mesmo a totalidade deles. 

De acordo com o secretário, Geraldo Resende, a ampliação das testagens tem sido uma estratégia importante para conter o avanço da doença no Estado, principalmente quando se trata dos cidadãos em situação mais vulnerável.

Para o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, o diagnóstico adequado, além de possibilitar melhor estratégia de isolamento, tem sido fundamental para minimizar a possibilidade de agravamento da doença. 

O dirigente aponta o apoio recebido de instituições como essencial para o enfrentamento da pandemia no sistema prisional, somado às medidas e esforços adotados desde o início.

Dados do Comitê da Agepen de Enfrentamento à Covid-19, apontam que até o dia 31 de agosto 868 casos positivos da doença foram contatados entre os custodiados de todo Mato Grosso do Sul, dos quais cerca de 71% já estão recuperados; entre os servidores foram 146 positivados, destes apenas 18,5% ainda estão em tratamento. 

Um detento chegou a ser encaminhado para internação na rede hospitalar, mas já teve alta e está recebendo os devidos cuidados na unidade prisional. Nenhuma pessoa infectada em presídios do Estado morreu até agora.