Cidades
PNAD COVID

Segundo Pnad Covid, menos da metade dos sintomáticos gripais, de setembro, buscaram algum atendimento médico

Quanto menor o nível de escolaridade, menor o número de pessoas submetidas a testes

Brenda Machado

23/10/2020 18:57

Em Mato Grosso do Sul, das 105 mil pessoas que apresentaram algum sintoma gripal, só 35 mil procuraram algum tipo de atendimento médico.

Os dados correspondem ao mês de setembro, e foram divulgados pela Pnad Covid, nesta sexta-feira (23).

Segundo o levantamento, num comparativo com os dois meses anteriores, isso representa uma queda maior de 0,8% no número de sintomáticos.

Ao todo, 266 mil fizeram algum tipo de exame para o diagnóstico da Covid-19, mas só 51 mil das pessoas testaram positivo, ou seja, 19,17%.

O estudo também indicou que o número de testados foi maior entre aqueles com nível de escolaridade mais alto.

Em ordem decrescente, os mais testados foram aqueles com ensino médio completo ao superior incompleto (36,8%), depois vieram os com ensino superior completo ou pós-graduação (30,5%), na sequência, as pessoas sem instrução ou com fundamental incompleto (21%), e, com a menor taxa, aqueles com fundamental completo ou ensino médio incompleto (12%).

ISOLAMENTO

De acordo com os dados, mesmo que em setembro Mato Grosso do Sul tenha ocupado o 14ª lugar no ranking dos estados que seguiram rigorosamente o isolamento social, as mulheres tiveram um desempenho mais significativo.

O índice delas ficou em 61,1%, enquanto os homens só alcançaram 46,5% do rigor.

Ainda conforme a Pnad Covid, no quadro geral, 1,8% das pessoas não fez qualquer medida de restrição; 43,5% reduziram o contato, mas continuaram saindo de casa; 37,7% ficaram em casa e só saíram em caso de necessidades básicas; e 16,4% ficaram rigorosamente isolados.