Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

RENOVAÇÃO

Telefônica anuncia novo diretor regional para o Centro-Oeste

Executivo estava na região e chega para gerenciar mais de 800 pessoas e 169 lojas
23/09/2020 22:00 - Da Redação


Rodrigo Pereira da Silva Júnior é o novo diretor da Regional Centro-Oeste da Vivo. O executivo chega à região após ser diretor da regional Norte. 

Empossado em junho deste ano, Rodrigo chega ao Centro-Oeste com a missão de impulsionar o número de clientes no segmento pós-pago da telefonia móvel e de levar novos serviços, como o de banda larga de ultra velocidade, telefonia fixa ilimitada e TV por assinatura. 

Com mais de 121 mil clientes na região e 27, 60% de participação de mercado, a banda larga da Vivo está presente hoje em 17 cidades do CO, sendo 8 delas com cobertura 100% em fibra. 

De acordo com a companhia, o serviço possui a mais moderna tecnologia de fibra ótica (FTTH), que colocam as cidades atendidas em outro patamar de conectividade.

O novo diretor comandará um time de mais de 800 colaboradores e 169 lojas próprias e revendas. “Assumo regional com a responsabilidade de apoiar o desenvolvimento contínuo do time e impulsionar nossos resultados na região. Fazer o nosso melhor está no DNA da Vivo para tornar nossa empresa referência em experiência do cliente, com um atendimento mais personalizado e humano. Vamos seguir firmes no propósito de digitalizar para aproximar”, destaca.

O executivo é formado em Administração pela Universidade Paulista, tem MBA em Gestão Empresarial e Marketing pela FVG, além de possuir certificação Black Belt Lean 6 Sigma. 

Com mais de 20 anos de experiência no setor de telecomunicações, todos eles dentro da companhia, Rodrigo passou por diversas áreas e regionais da empresa. 

 
 

Felpuda


Candidato a vereador caiu em desgraça, pelo menos em um dos bairros de Campo Grande, ao promover comício em ginásio de esporte, com direito a ônibus lotados e espoucar de muitos fogos de artifício.

Aí dito-cujo foi alvo de muitas críticas, tanto pela zoeira causada, como por ter mandado às favas quaisquer cuidados na prevenção da Covid-19, ao promover grande aglomeração. Irresponsabilidade é pouco, hein?!