Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Governo pode lacrar empresa que permitir entrada de cliente sem máscara

Obrigatoriedade do uso de máscara em todo o Estado passa a valer a partir da próxima segunda-feira
19/06/2020 09:01 - Gabrielle Tavares


Depois de várias prefeituras decretarem, o governo de Mato Grosso do Sul tornou obrigatório o uso de máscara em todo o Estado a partir da próxima segunda-feira (22). Nesta sexta-feira (19), a medida passou a valer em Campo Grande.

Decreto publicado na edição de hoje do Diário Oficial Eletrônico (DOE) estabelece que as empresas podem adotar medidas para restringir a entrada ou retirar de seus ambientes as pessoas que infringirem a normativa. O oferecimento de máscara para possibilitar o acesso ou a permanência no local ficará a critério de cada estabelecimento.

A empresa que descumprir o decreto pode ser punida com advertência, suspensão de venda ou fabricação, cancelamento de registro, interdição parcial ou total, cancelamento de alvará ou licença, proibição de propaganda, multa e até intervenção, no caso de estabelecimento de prestação de serviços de interesse para a saúde.  

A exigência do equipamento de proteção também vale para órgãos públicos estaduais. As máscaras podem ser artesanais ou industriais, desde que cubram a boca e o nariz. O mesmo vale para as empresas de transporte público coletivo intermunicipal e interestadual, que deverão proibir nos terminais e meios de transportes a entrada de pessoas sem a proteção.

 
 

Felpuda


Candidato a prefeito em cidade do interior tremeu que só nas bases diante da decisão que tirou a corda do pescoço de adversário, liberando o dito-cujo para disputar a eleição.

Como acreditava que o pleito seria “um passeio”, estava até pensando no modelito que usaria no dia da posse.

Agora, teme nadar, nadar e morrer na beira da praia, deixando o terno pendurado no cabide.